Seguidores

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

O Misterioso Desconhecido

 

As Trilhas Maravilhosas do Fantástico!

"O mundo inteiro é teu mestre. Onde quer  que

estejas, onde quer que vás, ele está pronto a instruir-te,

a entregar-te as riquezas de sua vida  secreta. Tu podes,

por ele, ser milhares de vezes  tu mesmo"

(RAYMOND BERNARD, FRC)

Outra criatura não pertencente a nenhum padrão terrestre conhecido,

conservada em um bloco de gelo e fotografada em 1968 nos EUA.  Não

se conhece a sua procedência e tampouco seu local de guarda!

E máquinas voadoras também fora de quaisquer padrões terrestres

conhecidos, continuam a nos espreitar com intenções ainda não bem

definidas. Seus misteriosos tripulantes demonstram notável preferência

por nossas linhas de transmissão de força, represas, rios e reservatórios, além

das instalações militares e de defesa - pouco se importando em desafiá-las.

Aliás, a Ufologia registra alguns casos de combates entre elas e essas bases

altamente fortificadas das grandes potências. Mas, as nossas modernas armas

ainda são impotentes para confrontá-las!

E coisas ainda mais estranhas continuam a voar lá pelas proximidades

da famosa e altamente secreta AREA-51!

Enquanto isso, cá por baixo, manifestam-se em antigos ambientes os

espectros das velhas personagens do passado. Nesta foto, vemos, ao centro,

a aparição registrada apenas pelo filme, de uma dama vestida em trajes fora

da nossa época. Um caso típico de "memória atômica" dos ambientes. Um fenô-

meno real, porém ainda desconhecido pela Ciência!

O Titanic, orgulho da engenharia naval britânica, cujo naufrágio

ocorrido em 14 de abril de 1912, na sua viagem inaugural, causou a

morte de 1513 pessoas - coroando a blasfêmia dos seus construtores

ao afirmarem que "nem Deus o afundaria".

Tentam negar,  mas o navio  transportava, sim, como   sua carga  mais   valiosa a

múmia   de  uma  alta   sacerdotiza   egípcia,    da   XVIII  Dinastia,  postada  bem

ao  lado   da  ponte  de  comando.   Diante   da  colisão  com  o iceberg, o coman-

dante  Smith,   velho  lobo  do mar,   recusou-se  a expedir imediatamente o SOS,

não  permitiu  que  baixassem os escaleres e ainda mandou a orquestra de bordo

tocar   a música   " Mais Perto de Ti, Meu Deus",   para  "acalmar os passageiros"!

Parecendo  totalmente aparvalhado, Smith  teve um comportamento considerado

atípico. Como se sua mente estivesse dominada por uma força maligna que visava

a destruir o navio e por conseguinte matar todo mundo a bordo! A tal múmia,aliás,

fora despachada pelo Museu Britânico, como presente (de grego) aos EUA, pois lá

causara estranhos fenômenos e misteriosos "acidentes" que mataram todos aque-

les que a transportaram ou manipularam!

Era  um  sarcófago  semelhante  a  este  que,  pelo seu alto valor,

não  poderia  ser  colocado  no porão como uma carga qualquer!

A múmia da sacerdotiza egípcia fora uma "doação" do eminente

arqueólogo   Sir E. A. Wallis Budge a Lord Canterville, depois dos

estragos  que causara no Museu Britânico. O comandante do Tita-

nic,   bem   antes  do  acidente,  inexplicavelmente determinara o

curso  a  toda   velocidade,  muito  embora outros navios tivessem

expedido mensagens  telegráficas avisando sobre a perigosa pre-

sença dos icebergs naquela região do Atlântico Norte!

Na  tumba  maldita de  Tutancamon, além do texto da maldição,

havia também  uma severa advertência, velada pela linguagem

silenciosa  do   simbolismo.  No  relicário  de ouro,  cada um dos

seus quatro lados  era guarnecido por uma deusa protetora, que

olhava  severamente  em  direção  à porta. Em uma posição não

usual nas estátuas egípcias, todas representavam com os braços

o  hieróglifo correspondente  à  palavra 'NÃO" !  Assim sendo, se

devidamente  interpretado,  o    "Quádruplo  Não  da  Tumba  de

Tutancamon",  poderia ter salvado muitas vidas!

Acredita-se que as tumbas e também os invólucros das múmias

eram  protegidos  por elementos radioativos (ainda hoje o Egito

é rico em Urânio).  Aliás,  o câncer generalizado tem sido o res-

ponsável  pela  morte  de  centenas de arqueólogos. E a radioa-

tividade   igualmente   causa   perturbações  mentais  e   físicas!

Por  outro lado,  sem querermos  alimentar superstições, os tais

textos  das    maldições   egípcias   eram   mesmo   de  arrepiar:

"Ó gente das alturas, ó gente das profundezas:

Fantasmas e espectros; vós dos cemitérios e dos grandes

caminhos, errantes da sombra noturna!

E vós que habitais as grutas do crepúsculo, hóspedes das caver-

nas  e  da  obscuridade,  vós   que  suscitais os terrores e os arre-

pios,   e   vós sombras  errantes  que  não nomearei, e vós povos

furtivos   da  noite,  ó gente dos túmulos,  vinde em meu auxílio.

Que  seja  nada  a  mão  que se levanta contra mim! E esta é a mi-

nha   vingança,  esta  é  a minha  execração,  que ficará guardada

no fundo do meu peito por toda a eternidade"

Mas, seriam mesmo superstições?

Muito  embora  seja  altamente  salutar  contar até 10 antes de

se  violar  uma  tumba  egípcia,  o autor deste site jamais faria

isso..... Muito pelo contrário, contaria até MIL!

A simbologia, obviamente, muda de acordo com a

compreensão das épocas e das suas respectivas civilizações.

Hoje, o sinal acima significa "ambiente, ou dispositivo, contaminado

pela radiação nuclear". Você, prezado visitante deste site, se atreveria

a penetrar em um lugar devidamente guarnecido por ele?

Jamais  duvidemos  da  sabedoria  do Antigo Egito.

Aliás, advertências não faltaram aos profanadores!

Anúbis,  o terrivelmente  magnético deus-chacal, padroeiro dos

embalsamamentos  e  guardião  das tumbas, onde quer que sua

imagem estivesse era sinal de "PERIGO".  Um simbolismo muito

antigo  e obviamente adaptado à sua época, que talvez viesse a

significar RADIOATIVIDADE PRESENTE e, por extensão, MORTE!

Coisas estranhas realmente existem!

Flagrante  de outro caso da inexplicável Combustão Humana

Espontânea, no qual policiais americanos removem os restos

calcinados do que anteriormente fora um ser humano, consumido

subita e misteriosamente por um fogo infernal que vem do nada e mata!

O homem lançou, em março de 1972, para além do nosso Sistema

Solar,  a  nave  Pioneer-10,   contendo  a  universal  linguagem dos

símbolos, na  esperança  de  que seres inteligentes a encontrem e

possam por intermédio deles identificar-nos no Cosmo.

Os  símbolos  falam por si  e  até mesmo existem aqueles que, tal-

vez  por estarem  milhares,  ou talvez  milhões,  de  anos à nossa

própria frente,  preferem  entregá-los  em  domicílio........

Revelado finalmente o mistério dos famosos Crop Circles!

Neste  sensacional  filme,  obtido na Inglaterra, um enorme OVNI

pairou   sobre  um  campo e os fotogramas  acima mostram resu-

midamente  as etapas de confecção de outra belíssima imagem:

Assim como uma espécie de pantógrafo, duas fortes luzes tocam

o  solo e descrevem um círculo.  Após completados os 360 graus,

surge ao centro a figura!

Enquanto isso, surgem novas revelações sobre o Caso Roswell.

Na foto,  supostos comandos do painel de controle do OVNI aci-

dentado.   Note-se  os  encaixes  para seis dedos em cada mão.

Assim como uma parte do citado painel, onde são visíveis

os estranhos caracteres alfabéticos alienígenas!

Mistérios estão presentes no céu, na terra, no espaço e no

próprio tempo! Nas profundezas do mar japonês, mergulhadores

descobriram atônitos as ciclópicas ruínas de uma imensa cidade,

obra de uma civilização muito antiga e desconhecida.

E  para que  você  fique bem informado, voltemos agora aos denunciantes

que  afirmam o  fato  de os órgãos de segurança e inteligência americanos

classificarem   os  chamados OVNI, ou Discos Voadores, em DUAS espécies

distintas:  os UFO´s (Unidentified Flying Objects) e os IAC´s ( Identified Alien

Crafts)   -  respectivamente  "Objetos Voadores Não-Identificados"  e "Espa-

çonaves  Alienígenas Identificadas". Em outras palavras, os "identificados"

seriam aqueles com os quais teriam feito o tal "acordo" e os demais, aque-

les  que  chamam  de UFO´s, não sabem a procedência ou quem os tripula!

E  por   vezes,   os  mistérios  estão  simultaneamente  presentes na

TERRA   e  no  CÉU!  Há  algumas  décadas foi fundada a Federação

Universal   das  Ordens  e Sociedades Inciáticas, FUDOSI, composta

pelos  mais  elevados mestres dessas Entidades, visando a proteger

a sua autenticidade, bem como combater os espertalhões que, sem

nenhuma  tradição   legítima,  criaram certas "escolas de mistérios"

que visavam unicamente a enriquecê-los e iludir as massas.

As Ordens Iniciáticas  autênticas  são originárias e guardiães da sa-

bedoria do Antigo Egito e, por extensão, herdeiras do Conhecimen-

to Atlante- o perdido continente que, segundo a Tradição, foi funda-

do por  sábios  extraterrestes.  O símbolo acima é o sinal de identifi-

cação  daquela  Entidade. Como já vimos através das páginas deste

site, os  símbolos  são  evidentes e falam por si: o visitante que per-

correu  todas  elas, se tiver boa memória lembrar-se-á de aqui já ter

visto  algo  bastante semelhante. Se não lembra, será preciso saber

que  os verdadeiros dirigentes dessas Ordens autênticas são inteira-

mente  desconhecidos  e  que não estando absolutamente sós neste

imenso Universo que nos cerca, apesar dos desvarios da nossa cha-

mada  "civilização" e de certas raças malévolas que nos espreitam,

estamos,  de fato,  sob a aguda vigilância de Irmãos mais evoluídos,

benevolentes,  que  formam   o  verdadeiro"Governo Oculto do Mun-

do"!    E -caso sua memória tenha falhado-  por que não clicar aqui?


Brasília, capital do Brasil. Uma cidade inteira repleta de simbolismos místicos e iniciáticos! Todos as edificações, bem como suas respectivas orientações em relação aos pontos cardeais, refletem um espantosos conjunto de elementos simbólicos relacionados com antigas Tradições Iniciáticas. O traçado do plano piloto, por exemplo, lembra um pássaro de asas abertas alçando vôo na direção leste-oeste (do Oriente vem a Luz!). Além disso, esferas e semi-esferas, obeliscos e certos formatos de prédios governamentais não podem ter sido meras coincidências. Tudo relacionado ao sonho de um profeta, Dom Bosco que, no século XIX, ali enxergara a terra prometida do Terceiro Milênio! Coincidência, ou não, o fato é que o planejamento da cidade teve, seja de forma proposital ou inconsciente, a orientação de iniciados, já que tudo está disposto de acordo com o estrito formato de um TEMPLO INICIÁTICO, bem ao estilo do..... Antigo Egito!

"Uma civilização passada pode dormir. Às vezes, pode sonhar no mar infinito dos seus milênios e de suas lembranças. Pode estar enterrada, esmagada sob enormes massas de terra e de rochas. E assim mesmo ela está em nós, embora seus restos materiais estejam ainda por descobrir-se, embora estejam escondidos, longínquos... Uma lembrança, um achado, nos avisam de chofre de sua tácita presença. E nos prende então uma estranha sensação, como se quiséssemos chorar por algo que está em nós, tão perto, e perdemos"

(Ivar Lissner)

Teria sido a Terra visitada em tempos muito recuados por seres extraterrestres, ou teriam existido no passado remoto evoluídas civilizações que se destruiram? A resposta é SIM! Diante de tantas e tão gritantes evidências ambas as hipóteses se mostram inteiramente válidas! Em Derudeb, Sudão, este antigo entalhe rupestre, cuja origem remonta há milhares de anos, é bastante explícito e nos mostra nada menos que um foguete, ladeado por figuras humanas!

Também na Austrália, os "antigos e milenares aborígenes", nos deixaram as estranhas imagens de seres usando capacetes e curiosas vestimentas, encimados pela nítida representação de uma máquina voadora (à esquerda). Na outra foto, a representação de uma bizarra criatura que não é um inseto como pode parecer à primeira vista, uma vez que a ossatura do seu esqueleto é nítida, bem como o antigo artista talvez o tenha representado saindo de uma espaçonave! E por certo não se trata de nenhuma arroubo de imaginação, haja vista que existe de fato uma certa raça de tripulantes dos OVNI que se assemelha a insetos (inclusive alguns exemplares já foram autopsiados pelas grandes potências)! Tudo isso indiscutivelmente provaria a grande verdade de que somos visitados há bastante tempo por raças alienígenas bem distintas. Como então negar o óbvio?

E aqui o chamado "homem pré-histórico" superou a si mesmo em matéria de fidelidade àquilo que via e retratava: este nítido e incontestável ser usando capacete, inclusive dotado de uma antena e tendo um objeto voador sobre si, faz parte de uma imensa área de relevos semelhantes a este - gravados em San Rafael de los Milagros, México, cobrindo todos eles um perímetro de mais de 3 quilômetros!

Papiro Tulli, propriedade do Museu Egípcio do Vaticano e atualmente considerado "desaparecido". Gravado durante o reinado do faraó Tutmés III (cerca de 1504 - 1450 A.C.), reporta-se ao avistamento de máquinas voadoras: "No 22º ano, no terceiro mês do inverno, na sexta hora do dia, os escribas da Casa da Vida descobriram que era uma bola de fogo que vinha do céu.....Ora, após alguns dias se passarem essas coisas, eis que elas foram mais numerosas que nunca! Elas brilhavam no céu mais que o sol até os limites dos quatros pilares do firmamento..... Poderosa era a posição das bolas de fogo. A armada do rei as observava e o rei encontrava-se no meio delas. Era após a refeição da noite. Elas se elevaram mais alto em direção ao sul....." - Obviamente não eram meteoritos pois, segundo se depreende do texto, eram até inteligentemente manobradas uma vez que ascenderam e então alteraram seu curso rumo ao sul!

Denominam-se tectitas essas curiosas formações geológicas, espalhadas por quase toda a face do nosso planeta, notadamente naquelas regiões onde os livros sagrados e tradicionais indicam ter havido confrontos e grandes batalhas entre os "deuses". Esse nome vem do grego"tektos" que significa "rocha derretida", com toda razão uma vez que elas se formam sob altíssimas temperaturas, acima de 2500 graus e contêm isótopos radioativos. Em suma: são originárias de explosões nucleares! Suas idades, ainda não bem determinadas, podem oscilar entre 5 mil a 1 milhão de anos! São abundantes, por exemplo, na região do Mar Morto, onde se situavam as devassas cidades de Sodoma e Gomorra - conforme os relatos bíblicos, destruídas pelo "Fogo do Senhor" como forma de castigo!

Cérebro fossilizado, encontrado no território da antiga URSS em 1925 e preservado milagrosamente desde o Período Carbonífero, entre 260 e 340 milhões de anos atrás quando, segundo a Ciência, ainda não existiam seres humanos sobre a face da Terra. Parece com o cérebro humano, MAS NÃO É HUMANO. Possui fissura longitudinal e mais de 15 circunvoluções. É, todavia, espantosamente idêntico em estrutura ao homem moderno..... Foi pertencente a uma criatura inteligente, sem dúvida, mas absolutamente não originária da Terra! Quem teria sido então?

Segundo um antigo manuscrito, este é o esboço de uma "máquina voadora", construída no Antigo Egito, no Templo da Ciência. Por ser extremamente insólito e revelador, na verdade claríssimo, dispensa maiores comentários!

E em quê exatamente teria se baseado uma antiga - na verdade milenar e além de tudo desconhecida - civilização que habitou o território onde hoje se situa o Equador, para confeccionar no mais puro ouro este curioso objeto, rotulado arqueologicamente como "não-classificável" ?

A Atlântida não é uma simples lenda! O sonar da embarcação do capitão Don Henry já tinha detectado a existência de uma enorme pirâmide submersa na região do chamado Triângulo das Bermudas, expressivamente maior do que a do Egito. Porém, em 1968, a equipe de mergulhadores do Dr. Ray Brown, efetuando prospecções submarinas entre as regiões de Andros e Bimini, além de ter descoberto ruínas de uma cidade submersa localizou, de fato, a tal pirâmide. Ela estava enterrada pela movimentação das areias e somente seu topo sobressaía cerca de 30 metros. Era imensa: composta por reluzentes e ciclópicas pedras polidas que se encaixavam perfeitamente! No seu ponto mais alto, erguia-se uma espécie de pequeno santuário. Dentro dele, uma sala em cujo centro, sobre um suporte,ou altar, duas mãos de metal sustentavam a esfera de cristal vista na foto. Dotada de estranhos poderes e misteriosas vibrações, foi examinada por cientistas, não se sabendo o seu atual paradeiro.

Estas são as câmaras e passagens conhecidas no interior da Grande Pirâmide de Gizé, no Egito. Contudo, existiriam outras, ainda não reveladas, ou descobertas? Mais uma vez a resposta é SIM! Modernas experiências científicas empregando a nova Ciência da Magnometria, a técnica que mede a intensidade dos campos magnéticos do planeta, aliada ao emprego de radares de penetração subterrânea e sonares de última geração, permitiram descobrir que nada menos que 15 a 20 por cento de toda essa gigantesca estrutura estão repletos de areia. Um tipo de areia finamente filtrado e enriquecido com diversoso tipos de minerais DESCONHECIDOS NA TERRA! E mais: cientistas da Universidade de Waseda, Tokio, descobriram por medição a existência de inúmeros espaços vazios no seu interior, que poderiam se tratar de novas câmaras secretas - talvez contendo coisas jamais sonhadas pelo homem. Tais como essa.......

...... Que talvez tenha sido a maior descoberta arqueológica de todos os tempos! Em 1980 uma câmara secreta foi revelada no interior da Grande Pirâmide de Gizé, no Egito. Dentro dela, um pequeno sarcófago do mais puro cristal, contendo a múmia de uma criatura alienígena, semelhante aos humanóides que hoje tripulam os OVNI. Inscrições hieroglíficas diziam que esse era o corpo de um "filho das estrelas", cuja raça orientara na construção daquela pirâmide! Tal descoberta foi imediatamente confiscada pela autoridades egípcias e os arqueólogos ocidentais foram intimados a deixar imediatamente o país, sob pena de prisão. Porém, a foto da criatura não deixa margem a quaisquer dúvidas: note-se os quatro dedos, a conformação inusitada das costelas, as enormes proporções do crânio, a protuberância na bacia e principalmente a reduzida estatura. Além, é claro, do enorme orifício na região abdominal, obviamente causado por uma espécie de arma muito poderosa, o que talvez tenha sido a causa da sua morte. Note-se ainda que os embalsamadores não ousaram tocar no corpo daquele ser, além de o encerrarem em um sarcófago elaborado no mais puro cristal - o que contraria tudo aquilo que se conhece em Egiptologia. O corpo foi preservado, muito possivelmente, em virtude das radiações piramidais, que comprovadamente mumificam, potencializadas ainda pela amplificação vibratória do cristal desconhecido.