Seguidores

domingo, 1 de abril de 2012

SÍNTESE DA VIDA DE CHICO XAVIER

 

1910 ð Nasce a 2 de abril, Francisco Cândido Xavier, em Pedro Leopoldo (MG). O pai é João Cândido Xavier, operário. A mãe, Maria João de Deus. Lavadeira.

 

1912 ð Ganha um concurso na escola sobre a História do Brasil soprado por um  Espírito.

 

1915 ð Desencarna a mãe, a 29 de setembro. Passa aos cuidados da madrinha, Maria Rita de Cássia pessoa desequilibrada. Iniciavam dois anos de sofrimentos: surras diárias, agressões com garfos, fome. Primeiros contatos mediúnicos com a mãe.

 

1917 ð O pai casa pela segunda vez. Chico e os irmãos, distribuídos em diversas famílias, retornam ao lar sob o amparo da bondosa madrasta, Cidália Batista.

 

1919 ð Inicia o curso primário. Começa a trabalhar das 15 horas a uma da madrugada, como aprendiz em uma fábrica de tecidos da cidade.

 

1923 ð Concluiu o primário (4º ano). Por orientação do  médico, adoentado, sai da fábrica para trabalhar num  armazém em jornada mais amena.

 

1927 ð Desencarna Cidália (segundo o escritor Hugo Napoleão, só quatro anos mais tarde), Chico assume a família de quatorze irmãos (o pai, vendendo bilhetes, pouco contribui no sustento doméstico). Sua irmã Maria entra em processo obsessivo, sendo curada pelo casal espírita José Hermínio e Carmem Pena Perácio. Chico se converte ao Espiritismo. Em 8 de julho de 1927, psicografa a primeira mensagem durante sessão espírita. A 21 de julho de 1927,  é fundado o Centro Espírita "Luiz Gonzaga".

 

1928 ð Inicia participação em sessões de desobsessão, como médium.

 

1931 ð Primeiro contato com Emmanuel, seu guia Espiritual, que passa a

dirigir-lhe a mediunidade. Começa intensa atividade mediúnica, reduzindo horas de sono. Recebe poesias de autores de língua portuguesa. A Federação Espírita Brasileira as publica, em Parnaso de Além Túmulo, de 14 poetas falecidos. Grande repercussão nos meios literários e científicos. Inicia a sua vida com problemas visuais (catarata), que hoje o mantém praticamente cego.

 

1933 ð Começa a trabalhar para o Ministério da Agricultura (a data de contratação definitiva que consta de seu documento de aposentadoria é 1935).

 

1937 ð A FEB publica o primeiro livro mediúnico de Humberto de Campos, Crônicas de Além Túmulo, que nasceu em 25 de outubro de 1886, em Miritiba no Maranhão e desencarnou em 5 de dezembro de 1934,no Rio de Janeiro,  com 48 anos de idade. O Espírito Humberto de Campos aparece  em sonho a Chico Xavier, três meses após a sua desencarnação e  em abril de 1935, Chico psicografa a sua primeira mensagem Espiritual para os familiares. Quando encarnado escreveu  em torno de 11 Livros e pela Mediunidade de Chico, 12 Livros  de     CONTOS  E CRÔNICAS.

 

1938 ð Inicia a psicografia do primeiro romance, Dois Mil Anos, reminiscências autobiográficas de Emmanuel. Estava planejado há dois anos, mas só agora com a melhora da situação familiar lhe dá as condições mentais de concentração exigidas pelos espíritos.

 

1939 ð Morre o irmão José, colaborador no C. E. "Luiz Gonzaga". Agregam-se à família (sustentada por Chico), a cunhada e os sobrinhos. Apresenta-se o espírito de André Luiz que foi Médico, Sanitarista e o Cientista  Carlos Chagas, no Brasil, tendo nascido em 9/07/1879, em Oliveira, Minas Gerais e desencarnado em 8/11/ 1934, com 55 anos , no Rio de Janeiro. Responsável por desvendar o processo de contágio e evolução de duas das mais graves moléstias tropicais: a malária e a doença de chagas.  Em 1909, identifica  o agente causador da moléstia, um protozoário ao qual deu o nome Triponasoma Cruzi, em homenagem a Osvaldo Cruz. Também encontra o inseto transmissor o Barbeiro. Em 1910, Chagas já consagrado como um dos grandes cientistas do mundo, foi recebido como membro titular da Academia Nacional de Medicina. A partir de 19l7, dirige o Instituto Bacteriológico Osvaldo Cruz Através da Mediunidade de Chico Xavier, transmitiu a conhecida série André  Luiz, composta de 16 Livros, todos publicados pela FEB. Sendo o primeiro Livro o NOSSO LAR, prefaciado pelo nosso Benfeitor EMMANUEL, em 5 de outubro de l943.

 

1941 ð Desencarna o irmão Raymundo. Dificuldades para pagar o funeral. Durante oito meses, das 19h 45 min a uma da madrugada, no porão de uma garagem do patrão Rômulo Joviano, psicografa PAULO E ESTEVÃO, de Emmanuel, seu livro predileto.

 

1944 ð Edita o primeiro livro de André Luiz, Nosso Lar. De janeiro a novembro, a família de Humberto de Campos move processo judicial contra o médium e a FEB, reivindicando direitos autorais. A Justiça decide pela improcedência da ação, e o médium, passa a usar o pseudônimo "Irmão X" nas obras do jornalista e escritor desencarnado.

 

1948 ð A 12 de janeiro, revela-se que Emmanuel, em encarnação anterior, animou a personalidade do Padre - Manoel da Nóbrega, em Portugal e Brasil. Tendo vivido em Roma, Grécia, França, Espanha, Portugal  e Brasil

 

1951 ð Inicia trabalhos de Assistência social, nas Cidades de Pedro Leopoldo e Uberaba.  Cirurgia para hérnia abdominal.

 

1957 ð Em parceria com Waldo Vieira, inicia a psicografia do livro científico "Evolução em Dois Mundos" - Chico trabalhando na sua cidade, Pedro Leopoldo e Waldo,  em Uberaba (MG).

 

1958 ð O sobrinho Amaury Pena, subornado por inimigos da Doutrina, vai aos jornais e denuncia Chico como mistificador. Período de escândalo, perseguição à família e problemas de saúde (labirintite).

 

1959 ð Muda-se para Uberaba. Inicia intensa colaboração com Waldo Vieira, na "Comunhão Espírita Cristã".

 

1961 ð Aposentadoria por problemas de saúde,  a 17 de janeiro.

 

1965 ð Chico e Waldo viajam aos Estados Unidos e Europa, divulgando a Doutrina. Recebe mensagens de diversos espíritos como: William James, Horace Greeley, atriz Marilyn Monroe e muitos outros Espíritos no período de 27/06/ a 20/08/1965, que viveram naqueles países inclusive, Gabriel Delanne, na França. Os resultados da viagem  entre outros foi a fundação do Cristian Spirit Center,   na Carolina do Norte.

 

1966 ð Nova viagem aos Estados Unidos. Waldo Vieira, concluída pós-graduação médica no Japão, muda-se para o Rio de Janeiro.

 

1968 ð Título de cidadania da cidade de Uberaba. O primeiro de mais de uma centena que receberia nos próximos anos. Cirurgia de próstata e reintervenção na hérnia abdominal.

 

1971 ð Nos dias 27 de julho e 20 de dezembro, participou do programa "Pinta Fogo", na TV Tupi de São Paulo, com a audiência de 20 milhões de pessoas. Duas entrevistas memoráveis, com auditório superlotado e audiência nacional, via Embratel.

 

1975 ð Vem a lume Jovens no Além, enfeixando mensagens de pessoas que desencarnaram recentemente, em plena juventude. Profundamente consoladoras para os familiares, tais comunicações contém elementos que as autenticam (citações de nomes, lugares, datas, similitude de escrita, etc.). A continuação da recepção dessa natureza, a partir de então, ensejou a publicação de diversos livros semelhantes até o dia de hoje.

 

         Após transferir-se à Comunhão Espírita Cristã vultosa herança recebida, desliga-se dessa Instituição. Funda em seu lar, a 5 de julho de 1975, o "Grupo Espírita da Prece".

 

1976 ð Começa a sofrer processo anginoso, com fortes dores no peito (viria a ter dois infartes).

 

1979 ð Em julho, mensagem recebida psicograficamente por Chico Xavier, ditada pelo espírito do jovem Maurício Garcez Henrique, supostamente assassinado, por outro jovem, seu amigo, três anos, e sem testemunhas, é acolhida pelo Juiz encarregado do processo, embasando e concedendo à absolvição do acusado.

 

1981 ð Inicia campanha de dois anos, dirigida pelo saudoso comunicador Augusto César Vanucci, para o nome de Francisco Cândido Xavier concorrer ao Prêmio Nobel da Paz, com o endosso (assinaturas) de dez  milhões de brasileiros e centenas de Instituições do Brasil.  A comissão do prêmio contemplou o Escritório do Alto Comissariado da ONU  para refugiados.

 

1993 ð Aos 83 anos de idade, abatido pela doença e pela velhice, o estimado médium ainda trabalhava incansavelmente pelo próximo. Sua vida de abnegação e sacrifício por um ideal superior é bem atestada por mais de 360 livros que, até aquela data,  havia psicografado e todos publicados e divulgados para o Brasil e Exterior.

 

1995 ð 1º Congresso Espírita Mundial de 01 a 05/1995 - Outubro. Brasília - Brasil. Dia 04/10 - Por ocasião da reunião dos Conselhos: Espírita Nacional e do Conselho Espírita Internacional em reunião conjunta. Na oportunidade foi apresentada e aprovada a Moção de Reconhecimento e Agradecimento ao Médium Francisco Cândido Xavier, pelos os relevantes serviços prestados à regeneração da humanidade. Proposta esta apresentada pelo Dr. João Batista Cabral, Presidente da Federação Espírita de Sergipe. Encontra-se  publicada nos Anais do 1º Congresso.

 

1999 ð Dia 30 de junho - na revista ISTO É, de circulação Nacional, do Brasil, publicada ampla reportagem, mostrando que por recentes pesquisas, Chico foi considerado o 3º Líder Espiritual do Brasil, ficando atrás da Irmã Dulce e  D. Hélder Câmara. É um dos 20 Líderes Espirituais deste século. Recebeu em torno de 100 títulos de  Cidadania de diversas Assembléias e Câmaras de Vereadores do Brasil de diversas Capitais e Cidades Brasileiras. Dos seus Livros surgiram algumas  peças de Teatro. Com grande aceitação do público.

 

2000 ð Dia 02 de abril - Na comemoração dos 90 anos de aniversário do Médium Francisco Cândido Xavier,  que chegou para residir em Uberaba, desde 1959. O Médium, com a sua saúde debilitada, ainda atendia até  1.500 pessoas,  por dia no Centro Espírita da Prece. Até o ano 2000,  já psicografou 409 livros todos publicados nos mais diversos idiomas. No sábado dia 1º de abril, recebeu a Medalha da Ordem do Mérito Legislativo - Grau Grande Mérito. Esta outorga feita pela Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais, pelos 73 anos de mediunidade,  ininterrupta,  a serviço da humanidade. Pela Lei no. 13.394, de 7 de dezembro de 1999, foi publicada no Jornal O Estado de  Minas Gerais de 08.12.99. O Governador Itamar Franco,  sancionou a Lei,  estabelecendo no Art. 2o A COMENDA DA PAZ CHICO XAVIER para homenagear pessoas físicas e jurídicas que tenham se destacado na promoção da paz, com destaque na: Ciência; Literatura; Educação; Cultura; Humanismo e o Desenvolvimento Espiritual da Humanidade. Pela enumeração acima, o primeiro a recebê-la e sendo escolhido pela Assembléia,  foi o próprio CHICO XAVIER.

 

2000/05 ð A Revista Reformadora de Maio/2000, apresentou o resultado de uma pesquisa Nacional pelas Organizações Candeia, com: Escritores; Jornalistas; Médiuns e Federações do Brasil, em uma ampla análise dos Livros Espíritas já publicados. Os Dez melhores Livros Espíritas do século são: 1º - Nosso Lar - André Luiz - FEB;  2º - Paulo e Estevão -Emmanuel - FEB;  3º - Parnaso de Além Túmulo - Diversos Espíritos FEB;  4º - A Caminho da Luz - Emmanuel FEB;  5º - Há Dois Mil Anos - Emmanuel - FEB;  6o - Missionários da Luz - André Luiz - FEB 7º Evolução em Dois Mundos - André Luiz - FEB - Estes de Francisco  Cândido Xavier  8º- O Problema do Ser do Destino e da Dor - León Denis - FEB; 9º - Memórias de Um Suicida - Camilo Castelo Branco/Yvonne A. Pereira - FEB;  10º - O Espírito e o Tempo - José Herculano Pires - Edicel. Em aceitação os Livros de Chico Xavier, superam os dos maiores Escritores do Brasil, neste século, como: Jorge Amado e Paulo Coelho.

 

2000/06 - A OBRA DE CHICO XAVIER SOB A ÓTICA UNIVERSITÁRIA. A aluna Ângela Maria de Oliveira Lignani , atendeu a exigência  para obter seu título de mestra em TEORIA DA LITERATURA. Com o tema da dissertação: PSICOGRAFIA E INSCRIÇÒES DISCURSIVAS- Escrita de CHICO XAVIER, sob a ótica da Teoria   da Literatura, da discursividade  romanesca  das produções psicográficas CHICO XAVIER  E EMMANUEL. UNIV. FED. MINAS GERAIS.

 

2000/11 – Eleito o MINEIRO DO SÉCULO em uma promoção da rede TV Globo/Minas. Em 15 dias votaram pela Internet e por telefone 2.5 milhões de pessoas no Estado. Ficando em 1º lugar. Santos Dumont em 2º. E Edson A . Nascimento. Pelé.  Em 3º lugar.

 

2002 – Dia 30/06 – Domingo - Deitou e dormiu vindo em seguida à desencarnação – às 19.30 horas, na Rua D. Pedro I - Parque das Américas- Uberaba-Brasil.No dia 02 de Julho, às 17:00 horas, foi conduzido por uma viatura do corpo de bombeiros ficando os restos mortais enterrado no Cemitério São João Batista de Uberaba.  300 mil pessoas visitaram o seu velório e mais de 100 mil foram ao seu enterro. Até o dia do seu desencarne, deixou escritos 412 Livros, a mais rica e mais fecunda literatura Espiritual de todos os tempos.

 

 

FRASE ATRIBUIDA A CHICO XAVIER

 

“Quero morrer num dia em que o Brasil esteja feliz” - Neste dia 30/06 – O Brasil consagrou-se, Pentacampeão Mundial em futebol,  em 2002, no Japão.

 

OUTRAS INFORMAÇÕES:

 

1 – A venda de seus livros, até 2002, movimentou  em torno de  R$ 300 milhões de reais. Chico não recebeu nenhum centavo desse trabalho. Os livros são editados e comercializados pelas Instituições que mantém atividades assistenciais e doados as mesmas  que possuem os direitos autorais.

 

2 – Chico deixou de 1997,  até o dia do desencarne, 150 mensagens inéditas,  que  ainda,  não foram publicadas, segundo informações dos familiares.

 

 

 

 

3 – Joanna de Ângelis (Espírito) pelo Médium - Divaldo Pereira Franco – ofertou-nos uma mensagem Psicografada: em 02/07/2002 e publicada na Revista Reformador de nº 2080 –A, do mês de julho/2002, informando que após o  desencarne o Espírito de Chico fora recebido por Jesus.

 

 

MANIFESTAÇÕES A RESPEITO DE CHICO XAVIER.

 

A – AUTORIDADES:

 

1 – FERNANDO HENRIQUE CARDOSO – Presidente da República

2 – RAMEZ TEBET – Presidente do Senado Federal

3 – AÉCIO NEVES – Presidente da Câmara Federal

4 – ITAMAR FRANCO – Governador do Estado de Minas Gerais

5 – CÂMARA MUNICIPAL DE PEDRO LEOPOLDO – Minas Gerais

6- ASSOCIAÇÃO COMERCIAL, INDUSTRIAL E DE SERVIÇOS DE UBERABA. Minas Gerais

 

B – LIDERANÇAS RELIGIOSAS

 

1 – PADRE JOSÉ BIZON – Representante da CNBB

2 – HENRY SOBEL – Presidente do Rabinato Congresso Paulista

3- XEIQUE JIHAD HASSAN – Vice-Presidente da Juventude Mundial da Juventude Islâmica.

4 - LEONARDO BOFF – Teólogo e Escritor

5 - ROGER PEREZ –Pres. da Union Spirit Françoise e Francophone

6 - ARNALDO COSTEIRA -  Pres. da Federação Espírita Portuguesa

7 - FÉLIX JOSÉ RENAUD – Pres. da Conf. Espiritista da Argentina.

 

ARTISTAS BRASILEIROS

 

1 – CARLOS VEREZA

2 – FÁBIO ASSUNÇÃO

3 – NICETE BRUNO

4 – CAIO BLAT e ANA ARIEL

5 – CÁSSIA KISS

6 – PAULO GOULART

7 – MILTON NASCIMENTO

8 – ELBA RAMALHO

CURIOSIDADES SOBRE CHICO XAVIER

 

 

v No dia 8 de Julho de 1927, naquele ambiente de extrema simplicidade, vinha ao mundo a primeira mensagem psicografada pelo maior Médium deste século e da era de regeneração . Foram 17 páginas explicando passagens de: "O Evangelho Segundo o Espiritismo".

 

v Emmanuel, seu protetor Espiritual, só foi visto mediúnicamente,  por Chico Xavier,  em 1931.

 

v Em 1937, surpreende cientistas da Escola Politécnica de São Paulo, ao psicografar uma mensagem Em inglês de trás para frente, obrigando o uso de um espelho para ser lida. O papel e o lápis, para não deixar suspeição, foram cedidos pelo Dr. C. G. Shalders, de São Paulo

.

v Chico Xavier declarou à revista ÉPOCA ser contra o aborto e a doação de seus órgãos após a sua desencarnação. Declarou-se,  também, virgem e celibatário.

v  A conhecida jornalista da FOLHA DE SÃO PAULO, Joyce Pascowitch, afirma que Chico Xavier é o escritor mais lido no Brasil, tendo muitas de suas obras traduzidas para mais de 50 idiomas.

 

v A obra "Nosso Lar", de autoria de André Luiz, é a mais vendida e já ultrapassou a casa de 1 milhão de exemplares.

 

v Com o corpo minado por doenças, toma 18 pílulas por dia. Mesmo assim, continua trabalhando. Diz-se feliz e não perde o bom-humor.

 

v Poderia estar multimilionário com o resultado dos direitos autorais. Deu tudo para as Instituições visando a divulgação da Doutrina Espírita, possuindo apenas, uma modesta casa em que mora, na cidade de Uberaba, Minas Gerais- Brasil.

 

v Dos Livros publicados, mais de 30 milhões de exemplares, foram traduzidos em: Inglês, Francês, Espanhol, Japonês, Esperanto, Árabe e outros. Equiparado aos maiores Escritores da Literatura Brasileira. Segundo   LEOPOLDO MACHADO, eminente escritor brasileiro, referindo-se às obras mediúnicas recebidas por CHICO XAVIER, afirmou que se as mesmas fossem de sua lavra, ele mereceria sentar em várias cadeiras na Academia Brasileira de Letras  do Brasil.

 

v Em 10 de Julho de 1927, recebe a visita do Espírito Isabel de Aragão, considerada a Rainha Santa de Portugal, que foi a esposa do rei D. Diniz, desenvolvendo  elevadas iniciativas de beneficência e instrução nos dois Reinos que formam a Península, Portugal e Espanha. Conhecida na Europa, voltou ao mundo espiritual em 4 de Julho de 1336. Na aparição, recomendou a Chico, dizendo: "Você nos auxiliará a repartir pães com os necessitados". Iniciando assim,  a obra assistencial com os pobres de Pedro Leopoldo e Uberaba, até os dias atuais.

 

v NA TAREFA MEDIÚNICA - "PERGUNTA - Em seu primeiro encontro com Emmanuel, ele  enfatizou muito a disciplina. Teria falado algo mais? - RESPOSTA - Depois de haver salientado a disciplina como elemento indispensável a uma boa tarefa mediúnica, ele me disse: 'Temos algo a realizar. Repliquei de minha parte qual seria esse algo e o Benfeitor esclareceu: “Trinta livros para começar!” Considerei, então: como avaliar esta informação se somos uma família sem maiores recursos, além do nosso próprio trabalho diário, e a publicação de um livro demanda tanto dinheiro!... Já que meu pai lidava com bilhetes de loteria, eu acrescentei: será que meu pai vai tirar a sorte grande? Emmanuel- respondeu: “Nada, nada disso. A maior sorte grande é a do trabalho com a fé viva na Providência de Deus. Os livros chegarão através de caminhos inesperados!” Algum tempo depois, enviando as poesias de “Parnaso de Além-Túmulo”, para um dos diretores da Federação Espírita Brasileira, tive a grata surpresa de ver o livro aceito e publicado, em 1932. A este livro seguiram-se outros e, em 1947, atingimos a marca de 30.  Ficamos muito contentes e perguntei ao amigo espiritual se a tarefa estava terminada. Ele, então, considerou, sorrindo: “Agora, começaremos uma nova série de trinta volumes!” Em 1958, indaguei-lhe novamente se o trabalho finalizara. Os 60 livros estavam publicados e eu me encontrava quase de mudança para a cidade de Uberaba, onde cheguei,  a 5 de Janeiro de 1959. O grande benfeitor explicou-me, com paciência: “Você perguntou, em Pedro Leopoldo, se a nossa tarefa estava completa e quero informar a você que os mentores da Vida Maior, perante os quais devo também estar disciplinado, me advertiram que nos cabe chegar ao limite de cem livros.” Fiquei muito admirado e as tarefas prosseguiram. Quando alcançamos o número de 100 volumes publicados, voltei a consultá-lo sobre o termo de nossos compromissos. Ele esclareceu, com bondade: "Você não deve pensar em agir com muita pressa. Agora, estou na obrigação de dizer a você que os mentores da Vida Superior, que nos orientam, expediram certa instrução que determina que a sua atual REENCARNAÇÃO SEJA DESAPROPRIADA, em benefício da divulgação dos princípios Espíritas-Cristãos, permanecendo a sua existência, do ponto de vista físico, à disposição das entidades espirituais que possam colaborar na execução das mensagens e livros, enquanto o seu corpo se mostre apto para as nossas atividades.”

 

v Muito desapontado, perguntei: Então devo trabalhar na recepção de mensagens e livros do mundo espiritual até o fim da minha vida atual? Emmanuel acentuou: “Sim, não temos outra alternativa!” Naturalmente, impressionado com o que ele dizia, voltei a interrogar: e se eu não quiser, já que a Doutrina Espírita ensina que somos portadores do livre arbítrio para decidir sobre os nossos próprios caminhos? Emmanuel, então, deu um sorriso de benevolência paternal e me cientificou: “A instrução a que me refiro é semelhante a um decreto de desapropriação, quando lançado por autoridade na Terra. Se você recusar o serviço a que me reporto, segundo, creio, os orientadores dessa obra de nos dedicarmos ao Cristianismo Redivivo, por certo, que eles terão autoridade bastante para retirar você de seu atual corpo físico!” Quando eu ouvi sua declaração, silenciei para pensar na gravidade do assunto, e continuo trabalhando, sem a menor expectativa de interromper ou dificultar o que passei a chamar de  'DESÍGNIOS DE CIMA.”

 

 

&  DEPOIMENTOS SOBRE FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER:

 

R FRANCISCO  CÂNDIDO  XAVIER - Exemplo  de abnegação cristã. Jason de Camargo- Presidente da FERGS-Federação Espírita do Rio Grande do Sul.

 

R Na verdade, CHICO, sinaliza o NOVO HOMEM, que sedimentará, com o Seu trabalho, o reinado do bem e do Amor entre os povos deste Orbe. Abraçamos, carinhosamente, ao médium CHICO XAVIER, que soube elevar o labor mediúnico ao patamar da solidariedade humana, pois somente desse nível haveria condições para se transmitir os clarões da sabedoria superior. Tais ensinos modificaram e modificarão aqueles que souberem apreciá-los.

 

R Um homem que aceita o buril da vida e dedica o sumo de uma existência à melhoria da Sociedade receberá do CRISTO, por certo, o título de CIDADÃO DA TERRA.

 

& O EDUCADOR - Ney Lobo. Paraná.

 

R Muitas pessoas teimam em aureolar a cabeça tão humana do medianeiro. Transformá-lo num ser místico equivaleria a rebaixar sua humanidade. Chamar ao CHICO XAVIER de educador é justo porque ele preenche os requisitos dessa função: Os Educandos são seus leitores, e o Curriculum é  a sua obra Mediúnica. 

 

&  LUZ INAPAGÁVEL- Divaldo Pereira Franco. Bahia.

 

R CHICO XAVIER é como farol em noite escura derramando claridade e apontando o rumo para a  embarcação da minha vida. As lutas revigoram-no, as enfermidades não o impedem de prosseguir clareando as vidas, sustentadas em Jesus. Incorruptível e fiel, o elogio não o afeta, a ofensa não o alcança. Sofre em silêncio, confia  e espera, a todos amando.

 

&  CHICO XAVIER E O EVANGELHO- J.  Martins Peralva. Sergipe.

 

R A sua produção mediúnica  é a mais notável realidade metafísica que o mundo moderno conhece. As mensagens que psicografa são argamassa de luz preparatória do amanhã do 3º. Milênio. Como síntese e corolário destas reflexões, em torno da ação Evangélica de Francisco Cândido Xavier, companheiro que vive, intensamente, os predicados da Mensagem do Bem-Aventurado o Aflito da Crucificação,  permitimo-nos fixar duas frases suas, muito conhecidas, que traduzem, a primeira, uma Lição de Vida, que muito nos tem servido, e a segunda,  uma transcendente visão da importância do Evangelho,  como fundamento de uma sociedade estruturada no amor.

 

R A PRIMEIRA: - "Aceito o mundo e os homens como eles são: e eu, continuo eu mesmo.''

 

R A SEGUNDA: - Se nós pudéssemos colocar uma legenda na frente de cada conjunto residencial, de cada cidade, de cada aldeia, de cada metrópole, de cada grande capital  do progresso humano; se nós  pudéssemos e tivéssemos bastante autoridade para isto; escolheríamos aquela frase de Nosso Senhor Jesus Cristo, quando Ele nos disse:

 

R "AMAI-VOS UNS AOS OUTROS COMO EU VOS AMEI".

 

&  A PSICOGRAFIA- Cícero Marcos Teixeira. Rio Grande do Sul.

 

R ALLAN KARDEC  há 143 anos depois, é ainda,  um dos autores que mais profundamente estudou o fenômeno da psicografia. MIGUEL TIMPONI, em Psicografia Ante os Tribunais, analisa exaustiva e criteriosamente o caso Humberto Campos, como um dos mais valiosos de estudos e jamais documentados na história da fenomenologia mediúnica.

 

&  NOVOS MÉTODOS NO ESTUDO DA PSICOGRAFIA-Carlos Augusto Perandréa. São Paulo.

 

R Para estudar a psicografia, a grafoscopia precisou ampliar o seu campo, incluindo as peculiaridades do fenômeno. Comprovada a sobrevivência pela grafoscopia, os estudos podem,  ir além, analisando o conteúdo das mensagens.

 

&  DEPOIMENTOS DE DESENCARNADOS: UMA PESQUISA. - Marlene Rossi Severino Nobre. São Paulo.

 

R Distribuição Geográfica. A maioria dos familiares considera a assinatura idêntica ou semelhante. O treino que a cópia exigiria exclui a hipótese de simples telepatia.

 

R RELIGIÃO

R SEXO DOS COMUNICANTES

R LINGUAGEM

R RECEPÇÃO DE PARENTES E AMIGOS FALECIDOS

R DESCRIÇÃO DA MORTE.

R fato de todas as mensagens conterem informações que são confirmadas, e apoia fortemente a hipótese da sobrevivência da alma após a morte.

 

R PRESERVAÇÃO DOS BANCOS DE MEMÓRIA.

R INCENTIVO AO TRABALHO CONSTRUTIVO DO BEM

R CONSELHOS DOS COMUNICANTES.

 

R Eles voltam aconselhando o amor à família universal e a criação de ações beneméritas ao semelhante, como a melhor forma de homenageá-los.

 

R RELATOS DA VIDA ESPIRITUAL.

 

R A vida continua cheia de projetos, vontade de criar, ajudar o progresso. Para os injustiçados do mundo estes encontram acolhidos em luminosas cidades.

 

R CIDADES E ATIVIDADES NO MUNDO ESPIRITUAL.

R CONCLUSÃO

 

&  NOS PASSOS DE ALLAN KARDEC - Ney da Silva Pinheiro.RG.Sul.

R Só os séculos futuros compreenderão melhor tanto KARDEC como CHICO XAVIER.

 

&  MEDIUNATO NA OBRA DE ANDRÉ LUIZ - Jorge Andréa dos Santos. Rio de Janeiro.

 

R SÉRIE ANDRÉ LUIZ

R CHICO XAVIER é um desses missionários que marcam uma época, pelo destaque em determinada área do conhecimento. O seu campo é a mediunidade

 

R CIÊNCIA E ESPÍRITO

R NOVO ENFOQUE DO SEXO

R ANDRÉ LUIZ  faz um relato colorido sobre o mundo espiritual, com simplicidade e brevidade,  em forma de romance,  facilitando a compreensão.

R VERDADEIRA REVELAÇÃO.

 

&  REVELAÇOES CIENTÍFICAS NAS OBRAS DE CHICO XAVIER. Hernani Guimarães Andrade. São Paulo.

 

R As obras psicografadas por CHICO XAVIER costumam apresentar três graus de interpretação: O POPULAR. O EMOCIONAL E O CIENTÍFICO.

 

R OS NÍVEIS CONCEITUAIS DAS OBRAS DE CHICO XAVIER

R A VISÃO DO MUNDO

R A semelhança da Física Moderna, o Universo é encarado como um todo único, praticamente, um produto do pensamento do Criador.

R A matéria mental, embora em aspectos fundamentalmente diversos, obedece a princípios idênticos àqueles que regem os átomos.

R LUZ COAGULADA

R CONCLUSÃO

 

& MONUMENTAL BIBLIOGRAFIA MEDIÚNICA - Elias Barbosa. Uberaba. Minas Gerais.

 

R Diversos autores comprovam a qualidade do trabalho mediúnico. de CHICO XAVIER.

R Literatos desencarnados retornam com o seu estilo, provando a imortalidade

 

R POETAS REDIVIVOS

R CHICO ESTUDADO

R Já na década de 40 Chico Xavier, recebia textos mediúnicos para crianças.

 

R LITERATURA INFANTIL

R Chico não se apresenta como médium diferente dos outros: Infalível é Deus.

R CRÍTICOS LITERÁRIOS.

 

&  CHICO E O MENSAGEIRO DO SENHOR-Carlos A Bacceli. Uberaba - Minas Gerais. Um fato emocionante e inesquecível narrado pelo próprio CHICO, ao médium, Carlos Antonio Baccelli, no ano de 1996.

 

R “Há 21 anos atrás, em 1975, principiou por contar-nos que: estava  atravessando um dos períodos mais difíceis da minha vida. Um companheiro muito querido havia nos deixado e, na soleira da porta, de nossa casa, eu meditava a sós... Naquele momento, se eu precisasse voltar à terra natal, não possuía cinco cruzeiros no bolso para o ônibus...As lágrimas me escorriam pelas faces quando, em meio a uma luz muito intensa, surgiu-me aos olhos a figura DE UM MENSAGEIRO ESPIRITUAL, DE ELEVADA HIERARQUIA, MUITO SUPERIOR À CONDIÇÃO DE EMMANUEL. Dizendo-me vir da parte do SENHOR, ele começou a conversar comigo, interrogando: O Senhor solicita lhe seja perguntado se quando ELE levou a sua mãe deste mundo, deixando-o órfão aos cinco anos de idade, você teve mágoa DELE...”.

 

R Surpreso com a sublime visita, respondi que não e o Mensageiro prosseguiu como se conhecesse, detalhadamente, cada trecho do caminho que eu havia percorrido até aquele exato momento.

 

R Quando o impediu de estudar, através daqueles que lhe dificultaram acesso aos bancos escolares, negando-lhe as oportunidades que sonhava, você teve mágoa do SENHOR?

 

R Com o coração aos saltos, afirmei que não, porque o SENHOR sabe o que é melhor para mim...

 

R Quando ELE permitiu que você ficasse órfão, pela segunda vez, subtraindo de sua presença aquela que foi a sua segunda mãe, deixando-o com doze crianças para sustentar com um reduzido salário, você teve mágoa do SENHOR?

 

R Não me apressei a dizer, eu não poderia guardar mágoa alguma do SENHOR...

 

R E o Emissário Celeste, sem qualquer pausa na voz, continuou discorrendo sobre os pontos mais delicados da minha existência atual, sempre, repetindo a mesma questão.

 

R Quando perdeu a companhia de seu irmão, José Xavier, que lhe era o apoio e o incentivo na Doutrina, ante o serviço a realizar, você teve mágoa do SENHOR?

 

R Não, chorei muito, e, ainda choro, mas não senti mágoa do SENHOR...

 

R Quando, entre flores que desabrochavam no jardim promissor da mediunidade, surgiram os primeiros espinhos a lhe dilacerarem a alma, em forma de ingratidão e calúnia, você teve mágoa do SENHOR?

 

R Não, repeti convicto, jamais tive mágoa do SENHOR, a quem devo tudo o que tenho e tudo o que sou...

 

R Quando ELE afastou o casamento de seus planos de felicidade e realização pessoal, você teve mágoa do SENHOR? Não, eu não posso me queixar de nada, pois tenho recebido bem mais do que mereço...

 

R E agora, quando, depois de tantos anos dedicando-se integralmente ao Evangelho, vê-se abandonado por aquele em quem repousavam as suas esperanças no entardecer da vida física, você sente mágoa do SENHOR?

 

R Não, respondi em lágrimas, seja feita a Vontade do SENHOR? Estabeleceu-se, então, entre nós, um silêncio que não ousei quebrar. Depois de rápidos segundos, como se estivesse comunicando-se, telepáticamente, com os PLANOS DA LUZ, o Mensageiro concluiu: O SENHOR manda dizer-lhe que, doravante, nada há de lhe faltar...NÃO tenha receios, porque ELE providenciará tudo que você necessitar para prosseguir servindo-o entre os homens, na terra!...”

 

R Quando o CHICO terminou a emocionante narrativa, várias vezes interrompidas, pelos soluços, estabeleceu-se naquela sala humilde um silêncio que não ousei quebrar...

 

R E, sem maiores considerações de nossa parte, entregamos aos nossos irmãos mais esta pérola que colhemos da vida desse grande missionário dos tempos modernos que, sem dúvida alguma, é  CHICO XAVIER.(Fato narrado ao Escritor - Carlos A. Bacelli- extraído do Livro Chico Xavier- MEDIUNIDADE E PAZ,  em 1996).

 

& LIVRO DE PESQUISADOR ITALIANO CONFIRMA TEXTO DE EMMANUEL EM '' HÁ DOIS MIL ANOS.”

 

R O pesquisador Italiano Antonio Varone, Diretor de escavações em Pompeia, afirma que diferente do que se poderia imaginar, que a cidade de veraneio, vizinha a Herculânum, foi destruída por tremores de terra, e para depois ser coberta de lavas, cinzas e nuvens de gases tóxicos. A conclusão confirma O Espírito-Emmanuel, no Capítulo - X - Nos derradeiros minutos de Pompeia, da Psicografia de CHICO XAVIER, no citado romance, Há dois mil anos, quando essa destruição deu-se no ano, 79 da era Cristã.

 

 

PESQUISA DE:

João Batista Cabral – Presidente da ADE-SE-Associação de Divulgadores do  Espiritismo de Sergipe.

E-MAIL: cabral@ade-sergipe.com.br

Fone:  031.021.79.3217.4228

ARACAJU-SERGIPE-BRASIL. Ano/2002-2012

FONTES BIBLIOGRÁFICAS

   

    BACCELLI, Carlos A. - Chico Xavier a sombra do Abacateiro - IDE, 1996

    BACCELLI, Carlos A  - Chico Xavier Mediunidade e Paz - DIDIER, 1996

    BACCELLI, Carlos A.  - As Bênçãos de Chico Xavier - DIDIER, 1998

    BACCELLI, Carlos A. - O Evangelho de Chico Xavier- DIDIER, 2000

    CARVALHO, Antonio C. Perri - C. Xavier o Homem e a Obra - USE, 1996

    GAMA, Ramiro - Lindos Casos de Chico Xavier- LAKE, 1963

    MONTEIRO, Eduardo Carvalho - Chico Xavier e a Rainha - MADRAS, 2001

    MUNDIAL, Anais do 1° Congresso Espírita Mundial – FEB, 1995

    NOBRE,  Marlene R. Severino - Lições de Sabedoria - EDITORA FÉ, 1996

    OLIVEIRA, Weimar Muniz  - Chico Xavier Casos Inéditos- FEEGO, 1998

    OLIVEIRA, Weimar Muniz – O Apóstolo da Fé - FEEGO, 2001

    RANIERI. R.A.  - Recordações de Chico Xavier  - FRATERNIDADE, 1991    

    SILVA, Luciano Costa - Nosso Amigo Chico Xavier - EME, 1996

    XAVIER, Chico -  Francisco Cândido – Mandato de Amor-  UEM,  1993

    XAVIER, Francisco Cândido - Chico Xavier em Goiânia- GEEM, 1997

    WORM, Fernando - Janela para a Vida  - FERGS, 1998

 REVISTAS:

 

    FEESP - Chico Xavier 60 anos de Mediunidade – Dezembro, 1987   

    PLANETA - Homem e a sua missão na Mediunidade-  n° 130-B, 1982

    REVISTA ESPÍRITA  -  Entrevista com Chico Xavier- ano II, n°  08

    IDEM,   Chico Xavier Fala de Sexo- ano III,  n° 09

    IDEM,   Um Pouco Mais de Chico Xavier – ano V,  n° 19

    UNIFICAÇÃO - Edição Especial de homenagem a Chico Xavier-  FERGS

    VISÃO ESPÍRITA – Chico Xavier 89 anos de Amor – n° 13.  04/1999

    VISÃO ESPÍRITA – Obra de Chico Xavier no Teatro - n° 14.- 1999

    VISÃO ESPÍRITA – Chico Xavier 90 anos de Amor -  n° 23.- 08/2000

 JORNAIS:

    Vários Jornais leigos de Uberaba. Belo Horizonte - MG, de todo o Brasil e, inclusive, do Movimento Espírita Brasileiro.

 

ANO 2002-2012

PESQUISA DE:

JOÃO BATISTA CABRAL – Presidente da ADE – Associação de Divulgadores do Espiritismo de Sergipe. Rua: Construtora Cunha nº 69 – Condomínio Vale dos Lagos – Edifício  Paranoá 302  Bairro Jardim Jussara Tel: 031.79. 3217.4228-cabral@ade-sergipe.com.br  Aracaju-Sergipe- Brasil. - CEP: 49.027-340.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ADICIONE SEU COMENTÁRIO AQUI