Seguidores

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

MISTÉRIOS


"Nas minhas buscas por cidades perdidas e mistérios do passado, freqüentemente eu encontrava pistas da tecnologia dos antigos"

(David Hatcher Childress - The Incredible Sciences of the Ancients)

Parodiando um velho jargão jornalístico: - "Tirem as crianças da sala", isto é, quando foram exibidas imagens fortes e não apropriadas para uma certa audiência, no vasto campo do Realismo Fantástico acontece o mesmo. Alguma coisa está acontecendo, e o volume de informações se torna sempre crescente, muitos já pressentem isso. Sim, pois existem muitas pistas, e essas indiscutíveis pistas, a cada dia que passa, mais e mais se tornam claras e evidentes! Tecnologia dos Deuses - a Incrível Ciência dos Antigos - livros como esses não são meros trabalhos recreativos ou destinados à mera abstração. Pelo contrário, são contribuições valiosas para o progresso e para a evolução do conhecimento humano, apesar dos céticos e daqueles poucos avessos à verdade que maldosamente ironizam, criticam e debocham.

E quer eles queiram ou não, as provas existem - não podem mais ser ocultadas, ridicularizadas ou então negadas - Evidências que verdadeiramente acenam e "gritam" desde o nosso mais remoto passado! Gigantescas lâmpadas elétricas, perfeitamente retratadas: - bulbos, filamentos, geradores acoplados! COMO os Antigos Egípcios ornamentavam as tumbas profundamente escavadas por centenas de metros nas rochas sem a iluminação adequada e forçosamente necessária? Isso, por sinal, é algo que a Arqueologia até hoje não conseguiu responder. As imagens, porém, falam por si.

Aeronaves, helicópteros, submarinos - retratados desde 5 mil anos atrás! Evidentemente que os Egípcios jamais dispuseram de tais tecnologias - pelo contrário, copiaram isso de algum lugar, de alguma uma outra fonte muito mais antiga!

Um foguete, claramente retratado em uma outra milenar tumba egípcia!

Máquinas voadoras no nosso mais remoto passado? SIM, e muitas civilizações - egípcios, maias e indianos - não somente retratavam essas antigas e perdidas lembranças nos seus monumentos, como também as descreviam nas suas velhas tradições!

E com uma antigüidade ainda maior, o chamado homem primitivo dos tempos ditos pré-históricos já retratava ISSO!

E por que o Smithsonian Institute, considerado o supra-sumo da Arqueologia mundial, é acusado de ter abafado e mandado dinamitar a entrada de um gigantesco complexo radial, profundamente escavado nas entranhas montanhosas do Grand Canyon, onde em 1909 foram encontrados os espantosos vestígios de uma avançada civilização desconhecida, dotada de caráter proto-egípcio e possivelmente ATLANTE? Estátuas colossais, múmias, inscrições, artefatos desconhecidos e murais artísticos foram criminosamente soterrados para sempre. Muito embora o Smithsonian Institute tenha sido chamado ao local, quando posteriormente questionado negou com veemência que "tivessem sido encontrados vestígios egípcios no Grande Canyon". No que, aliás e nesse particular, não estavam mesmo mentindo, uma vez que tudo aquilo que lá foi encontrado não era tipicamente egípcio no estrito sentido do termo.... Porém infinitamente mais antigo do que a própria e milenar Civilização Egípcia! A quem interessa suprimir o conhecimento? (IMAGEM: © Stephen Quayle)

Os céticos argumentam que: "se existiram civilizações tecnológicas perdidas, como então nada foi ainda encontrado"? E quem sabe não o foi? Uma estranha máquina, repleta de curiosos símbolos, descoberta em 1909 juntamente com outras seis, por operários durante a escavação de um túnel nos EUA. Não se sabe de onde veio isso, porém logo trataram de retorná-las para a cripta de onde vieram, soterrando-as novamente e assim abafando inteiramente essa bizarra descoberta arqueológica. E por que não permitem escavar sob a Esfinge de Gizé, no Egito, onde sabe-se existir uma "Câmara dos Registros", deixada pela civilização Atlante, contendo registros históricos e amostras da sua avançada tecnologia? Radares de penetração subterrânea já confirmaram a real existência de um vasto complexo de túneis e galerias sob ela! Por que temem a verdade?

Seria por causa DISSO?: Antigos Extraterrestres - Que tal se a vida na Terra tivesse começado em outro espaço? - pergunta o título desse DVD que tem a chancela do conceituado The History Channel. Hoje, não somente os pesquisadores isolados, como também as mais respeitáveis organizações - as quais possuem as suas equipes de Cientistas, Arqueólogos, pesquisadores e outros profissionais descompromissados com ostatus vigente, e principalmente todos eles dotados de mentalidades abertas e francas - já antevêem tais verdades e buscam exatamente no nosso esquecido passado não somente as respostas quanto às nossas desconhecidas origens, como também as grandes respostas necessárias à redenção da humanidade - para o presente e para o futuro do Homem, finalmente liberto dos falsos dogmas, das trevas da ignorância, das velhas falácias e das superstições!

Os Segredos dos Homens Mortos - é o título desse livro de Jonathan Gray, outro renomado pesquisador empenhando em desvendar os grandes enigmas do nosso remoto e obscuro passado. Mostramos aqui essa capa de livro pelo simples fato de ela se tornar altamente sugestiva com relação a esses mistérios. Por que? Simplesmente porque, baseada na simplista máxima de que "os mortos não falam", existe em todo o mundo uma grande conspiração do silêncio - tanto em níveis governamentais, quanto religiosos, como também em certos setores acadêmicos e científicos - a qual insiste em calar todas as evidências que comprovam o fato de que não fomos a primeira civilização inteligente e evoluída a habitar este pequeno planeta!

VIMANA - Aeronaves da Antiga Índia e Atlântida - As provas se agigantam: - o nosso esquecido passado conheceu espantosas tecnologias, diante das quais toda a nossa tecnologia - hoje, em pleno e tão decantado Terceiro Milênio - não é NADA! Estamos apenas engatinhando, pouco a pouco redescobrindo toda a nossa verdadeira identidade e a nossa não contada História.

"Os mortos não falam"? Talvez! Pois, hoje os "mortos" já começam a falar, e os piores cegos são exatamente aqueles que se recusam a ver e a escutar as suas distantes vozes! Mediante QUAL tecnologia foram construídas essas gigantescas pirâmides que se espalham por toda a Terra? Hoje, obras dessa envergadura somente seriam possíveis com o emprego das mais modernas máquinas e a utilização dos raios laser, e talvez nem mesmo assim seriam possíveis de serem sequer imitadas. (FOTO: © DigitalGlobe)

E mediante QUAL avançada forma de tecnologia, QUAL o tipo de precisão científica, e VINDA de ONDE, foi empregada para colocá-las em perfeita disposição e alinhadas com as mais importantes constelações do Universo, tal como hoje os pesquisadores isolados descobriram e os verdadeiros Cientistas perplexamente já admitem? E não somente no velho Egito, como também em todas as partes do mundo, onde outras pirâmides e alguns templos seguem a mesma orientação cósmica, sempre subordinados a uma orientação cósmica. Por que isso? Que segredos herdaram as antigas civilizações?

De ONDE, por exemplo, surgiu o espantoso conhecimento do Antigo Egito? Que terríveis segredos guardavam aqueles que metaforicamente forma retratados como os seus "deuses celestes"? Tudo lamentavelmente se perdeu no tempo, todavia já começa a despertar do seu longo sono uma grande resposta! Como sabemos - e sempre dissemos isso a você - o alto simbolismo empregado pelos antigos Egípcios era muito sutil, velava conhecimentos científicos muito além da nossa imaginação. Aqui temos um singular exemplo: - acima, a imagem de Ísis, a Senhora do Céu. Para os estudiosos convencionais, "apenas a representação de uma entidade, membro do um vasto panteão de um povo supersticioso que adorava uma multiplicidade de deuses". Mas, teria sido isso mesmo?

Veja como NÃO! Um dos nossos estimados visitantes, o qual por razões funcionais não deseja ser identificado - e como se pode constatar alguém altamente versado em Física - e o qual chamaremos apenas de "x", descobriu na imagem daquela antiga deusa egípcia, a Senhora do Céu, algo verdadeiramente surpreendente: - algo que classificou como a representação velada de CURVAS ELÍPTICAS.....

... E aqui está a valiosa colaboração que nos enviou.....

... E logo a seguir, surpreenda-se com a sua brilhante conclusão sobre uma grande verdade científica oculta numa simples imagem religiosa egípcia! Prezado Visitante, isso é o que nos orgulha, nos sensibiliza e gratifica, verdadeiramente estimula este nosso modesto trabalho: - o alto nível daqueles que conosco desinteressadamente colaboram, como também o de todos aqueles que nos prestigiam, fielmente acompanhando as páginas deste nosso Site.

Através dos tempos, a grande conspiração do silêncio sempre foi muito ativa e extremamente atuante. Aqueles que sabiam eram sempre obrigados a silenciar numa idade envolta pelas trevas e dominada pela ignorância. Assim como os sábios do Antigo Egito, muitos deles deixaram as suas mensagens envoltas nos símbolos e preservadas através da simbologia mais elaborada - apta a ser um dia devidamente desvendada e redescoberta. Leonardo da Vinci, por exemplo, um dos personagens mais enigmáticos da nossa História, esse gênio misterioso estava muito além daquele tempo e nos deixou muitos conhecimentos - ainda não de todo inteiramente desvelados. Acima, vemos uma das suas mais famosas ilustrações elaborada por volta do ano 1487, o VITRUVIUM, o u "O Homem Vitruviano" - considerado como um padrão do ser humano perfeito. Mas, ONDE Leonardo poderia ter buscado isso? Que profundos segredos escondeu por trás da imagem do talHomem Vitruviano?....

.... Senão os mesmos profundos segredos que hoje a moderna tecnologia dos satélites surpreendentemente nos revela, estampados no solo do nosso planeta e somente visíveis a partir do céu! (FOTO: © GeoContent/Google)

Aqui, ampliações do detalhe do rosto da imagem tomada pelo satélite (negativo à direita). A única diferença existente entre a obra de Leonardo e essa figura é apenas uma ARCO sobre a cabeça do personagem retratado, o que poderia significar o seu caráter CÓSMICO, uma conexão. E se isso seria muito mais antigo do que a época em que Leonardo da Vinci viveu, COMO PODERIA ELE TER REPRODUZIDO TAL IMAGEM? Por que oHomem Vitruviano representa o ser perfeito e o padrão da nossa humanidade - segundo Leonardo da Vinci:Uma cosmografia do microcosmo? Muito sutil! O quê aquele grande gênio quis dizer com isso? Simples: - tal como a expressão bem significa, uma interação do Espaço, o Macrocosmo, com o homem terrestre, o Microcosmo! Repare agora no rosto dessas imagens ampliadas. Não teríamos visto algo muito semelhante em algum outro lugar?....

..... O Rosto de Cydonia, em Marte, por exemplo? Talvez, talvez! E por que não? E o QUÊ exatamente Leonardo da Vinci quis veladamente transmitir à posteridade com a ilustração do seu famoso Homem Vitruviano? Uma conexão entre a perdida civilização marciana e uma antiga colonização da Terra? Pode ser, há evidências de que existiu mesmo tal conexão, notadamente com o Antigo Egito!

Tudo prova que não somos os primeiros! Muito embora certos setores se recusem a reconhecer, as evidências atestam que civilizações muito mais antigas estiveram estabelecidas aqui na Terra! Nasceram, viveram e pereceram.... Tal como um dia pode acontecer com a NOSSA! Hoje as mesmas imagens dos satélites nos mostram nos mares e na terra (e até mesmo bem abaixo dela), as marcas e os vestígios dessas desconhecidas e esquecidas civilizações. Repare na imagem acima, onde, abaixo do solo, podemos distinguir a existência de alguma coisa muito estranha.... (FOTO: © DigitalGlobe/Google)

... Reveja na maior aproximação. Possivelmente ruínas.... ou seria uma velha espaçonave soterrada? Mereceria que alguém fosse lá dar uma olhada!..... (FOTO: © DigitalGlobe/Google)

... Como também, e bem perto dali, iremos encontrar outra curiosidade de natureza semelhante! (FOTO: © DigitalGlobe/Google)

E até mesmo nas regiões mais inóspitas e geladas, há também muitas outras intrigantes surpresas, tal como essa..... (FOTO: © DigitalGlobe/Google)

... Aqui mostrada em maior aproximação das poderosas lentes do satélite, onde podemos claramente distinguir a existência de colossais caracteres, os quais nos lembram o milenar sânscrito! (FOTO: © DigitalGlobe/Google)

... Lembram e, contudo, não são exatamente idênticos ao sânscrito, cujo exemplo mostramos nesse quadro. Como poderiam ter sido estampados aqueles gigantescos caracteres naquele lugar hoje gelado, perdido e em meio ao nada?

Coisas estranhas, coisas estranhas! Essa outra imagem nos mostra aquilo que foi classificado como sendo"emanações de sal e potássio". Teria sido isso mesmo, alguém se deu ao trabalho de ir lá ver, ou "acharam" que era isso? "Emanações de sal e potássio" tão gigantescas, tão poderosas e tão simétricas assim, ao ponto de sensibilizar as lentes do satélite, da mesma forma situadas nesse outro lugar perdido e em meio ao nada? Você decide! (FOTO: © DigitalGlobe/Google)

Veja, por exemplo, essa outra curiosidade mostrada pelas lentes dos satélites..... (FOTO: U.S. Geological Survey/Google)

.... Aqui em maior aproximação: - um perfeito rosto, olhos, nariz, boca! De onde teria vindo isso? O que significaria, e principalmente QUEM teria produzido essas estranhas mensagens? (FOTO: U.S. Geological Survey/Google)

Todo este planeta está mesmo marcado - literalmente marcado desde tempos imemoriais por civilizações ou por visitantes, os quais nem sonhamos possam ter existido, ou que AINDA possam existir! E somente não enxergam isso aqueles que não querem enxergar e muito comodamente se recusam a admitir tudo aquilo que, cada vez mais, se torna óbvio, cristalino, evidente! (FOTO: © Infoterra Ltd & Bluesky/Google)

É preciso, pois, ter a necessária humildade. Não somos e nunca fomos a obra-prima de toda a Maravilhosa Criação de Deus. Outros mundos pululam de vida, outros seres compartilham conosco da dádiva maravilhosa da vida e da inteligência. E tal como ocorreu no nosso mais remoto passado, hoje tecnologias muito mais avançadas - infinitamente situadas para muito além das nossas - ainda percorrem os nossos céus! Acima, você vê frames de um recente vídeo tomado por uma equipe da conceituada rede de notícias A Gazeta, quando voltava de uma reportagem policial e teve a sua atenção despertada por um estranho objeto que ora pairava, ora lentamente se movimentava no céu..... (FOTO: agazeta.net)

.... A aparição se deu sobre as densas selvas, na proximidades do quilômetro 40 da rodovia Transacreana, por volta da 01:40 hora, em 23 de outubro de 2009. O objeto era dotado de formato oval, e emitia luzes multicoloridas que se alternavam. O cinegrafista Jailson Fernandes filmou o objeto, que em princípio pairava no horizonte e depois se aproximou, sempre se movendo lenta e silenciosamente no céu. (FOTO: agazeta.net)

Tal aparição durou cerca de meia hora quando finalmente o objeto esteve por sobre a equipe de reportagem a uma curta distância de 100 metros, ocasião em que pôde plenamente ser distinguido, dando então uma súbita guinada em direção à vastidão da floresta e desaparecendo.... (sobre FOTO: agazeta.net)

Os repórteres pensavam que se tratava de um grande jato, porém a ausência de ruídos, como também a inusitada forma de movimentação, provou a eles que se tratava de uma máquina fantástica, nada convencional: - e que, muito pelo contrário, não se tratava de nada conhecido neste mundo! Essas, aliás, foram consideradas como uma das melhores imagens de OVNI, muito embora os céticos logo surgissem com uma bizarra explicação sobre o fenômeno: - "Era apenas um avião militar das forças armadas bolivianas, um jato, espionando o território brasileiro". Francamente! Você, Prezado (a) Visitante, por acaso já viu qualquer avião totalmente silencioso e ainda pairando no céu? Nem nós. Só podem mesmo estar brincando! Tudo para desmoralizar o fenômeno e tentar ridicularizar os profissionais de Imprensa que testemunharam o fato. (sobre FOTO: agazeta.net)

Todavia, existem certas coisas que não dá mesmo para se esconder. Acima, você vê a tradicional carta de supostos "ancestrais do homem" - sem qualquer trocadilho, hoje já totalmente descartada em virtude das mais recentes descobertas da Ciência. Nessa parafernália de bizarras criaturas, "esqueceram-se" apenas de uma.... A MAIS EMBARAÇOSA E A MAIS "INDIGESTA" DELAS: (IMAGEM: richarddawkins.net)

Estamos nos referindo a um certo tipo de criatura, descoberta pelo arqueólogo Frederick FitzSimons no distante ano de 1913, e que recebeu o nome de Homo Capensis, ou ainda Homem de Boskop. Era o representante de um pequeno grupo de seres que esteve estabelecido a sudeste da África entre 10 mil a 30 mil anos recuados no passado terrestre. Nada demais nisso, a não ser pelas suas muito peculiares características - reduzida estatura, tal com a de crianças e, notadamente, um largo e desproporcional crânio que levou a sua inusitada raça a receber a sutil classificação de "cabeças de melão":

Acima, a comparação entre o crânio de um chamado "Homem de Boskop" e o crânio de UM HOMEM MODERNO - o seu, o meu, por exemplo. Sabe quais as diferenças fundamentais, além, é claro, do tamanho 50% maior do que o nosso? Primeiramente, o VOLUME CEREBRAL, fato que levou os atônitos Cientistas a reconhecerem que tal criatura ERA MUITO MAIS INTELIGENTE DO QUE HOJE O HOMO SAPIENS O É. Agora, ouçamos o Cientista Loren Eiseley: - Há 10 mil anos atrás o homem do futuro, dotado de um enorme cérebro e pequenos dentes... Ele viveu na África! Seu cérebro era muito maior do que o nosso. Seu rosto era fino e pequeno, quase o rosto de uma criança....". Surpreendente? Sim! Ouçamos agora um outro cientista: - "Assim como somos mais inteligentes do que os primatas, eles eram provavelmente muito mais inteligentes do que nós". Muitos foram os exemplares descobertos, todavia o mais pesado silêncio caiu sobre o assunto, precisamente pelo fato de que os tais chamados "boskopóides", além de muito inusitados, jamais foram os ancestrais do Homem! E Você quer saber como eles eram?.....

..... Exatamente ASSIM - tipicamente os supostos aliens da tipologia gray! O quê, então, um grupo deles estaria fazendo há mais de 10 mil atrás no sudeste da África? Um expedição deles perdida no tempo? Um acidente com a sua nave? Voltemos ao Cientista Loren Eiseley que, sem querer, acertou em cheio quando afirmou isto: - Há 10 mil anos atrás o HOMEM DO FUTURO, dotado de um enorme cérebro e pequenos dentes!

Uma Visão Geral de Raças Extraterrestres - Quem é Quem no Maior Jogo da História - estampa a capa deste livro. Sim, pois as evidências cada vez maiores atestam que este nosso pequeno mundo, apenas um ínfimo grão de pó perdido em meio a uma vastidão incomensurável de outros mundos - lógica e evidentemente habitados pelas mais diversas criaturas - foi (e ainda é) objeto de uma espécie de "jogo - tendo sido visitado, colonizado - e até mesmo tendo a sua humanidade forjada por seres muito evoluídos e distantes - conhecidos e reconhecidos na mais remota antigüidade como "Deuses"!

Não somos o únicos a procurar pelas respostas mais relevantes. Hoje, por conseguinte, e muito mais do que nunca, muitas outras vozes se levantam. Um longo silêncio começa finalmente a ser rompido! Poderíamos preencher inúmeras páginas deste site com as imagens de centenas de livros - uma vasta literatura sobre o tema! A Tecnologia Espiritual do Antigo Egito - Mais uma obra que tenta reencontrar as grandes respostas no tocante a um passado muito remoto e esquecido, não somente na sua vertente material como também na espiritual. Pois, verdadeiramente, temos muito a aprender com as antigas civilizações que nos precederam, herdeiras de uma herança muito mais antiga e relevante. Será preciso, pois, reorientar todos os pensamentos, revisar todas as crenças, compreender a nossa posição e o nosso lugar em meio a um Glorioso Esquema Cósmico, do qual somos partes integrantes, jamais alienadas ou sequer ausentes. Na procura da verdade todas as buscas, então, se tornam válidas - todas as especulações se tornam relevantes. O verdadeiro sábio é, portanto, aquele que SABE que nenhum conhecimento é estático; que todos os pedestais são frágeis - é aquele que está aberto a todas as possibilidades, e que, enfim, reconhece que nada sabe - humildemente reconhece que ainda restam muitas coisas a descobrir, ou quem sabe a redescobrir. Pois, a grande resposta para o futuro - aquela que será a maior de todas - está contida e adormecida no passado - precisamente no nosso mais remoto, perdido e esquecido passado!