Seguidores

domingo, 18 de outubro de 2009

Os Oceanos Submersos da Terra


geologia
tradução: Carol Beck
In Huge oceans underneath Earth’s surface caused global flood in times of Noah
publicado em 10/04/2007


Cientistas descobriram que o interior da Terra possui um enorme reservatório de água na região oeste da Ásia. Nos mapas acima, as manchas vermelhas mostram formações rochosas que apresentaram anomalias indicativas da presença de água. IMAGEM: Eric Chou, LIVE SCIENCE

Cientistas têm descoberto oceanos profundamente escondidos dentro do planeta. As extensas massas de água estão localizadas numa profundidade de mais de 1.000 km abaixo da superfície da Terra.

A história do Dilúvio, registrada no Gênesis, é um relato Bíblico sobre uma grande inundação. O que muitas pessoas consideram como um mito, muitos cientistas acreditam que é fato, que o Dilúvio ocorreu realmente nos antigos dias. Eles apontam numerosos traços de uma grande inundação ainda existentes em várias partes do globo. Também acreditam que os lagos de água salgada espalhados ao longo de milhares de quilômetros da costa são remanescentes do Dilúvio.

A questão é: de onde veio toda essa água? Qual foi a causa do grande Dilúvio que varreu o Planeta nos dias de Noé? De acordo com a Bíblia, Noé construiu um grande barco para ele, sua família e um casal de cada criatura para sobreviver à inundação.

Existem poucas hipóteses para explicar o evento Bíblico. Alguns pesquisadores dizem que um asteróide ou cometa teria colidido com a Terra, causando uma colossal tsunami. Outros alegam o descongelamento dos rios, fazendo o nível da água subir drasticamente. Outros pesquisadores ligam o Dilúvio com o repentino deslocamento do eixo da terra que teria provocado marés avassaladoras em todo o planeta.

Massa de água que teria se espalhado ao redor do globo. Recentemente ainda não se encontrou nenhuma evidência cientifica para comprovar as várias teorias sobre a origem do Dilúvio. A situação mudou em fevereiro (2007) depois de um relatório sobre uma sensacional descoberta de pesquisadores americanos. De acordo com seus estudos, a água que inundou o planeta veio das profundezas da terra. Os estudiosos descobriram imensos oceanos sob a superfície da terra.



Dois grandes oceanos

O planeta Terra é constantemente monitorado por sismógrafos, instrumentos usado para medir e gravar as vibrações dos terremotos. As vibrações são registradas em diferentes partes do planeta Capacitando os pesquisadores a obter valiosas datações dos choques que ocorrem na crosta terrestre ou no manta.

O Professor de Sismologia, Michael Wysession, da Universidade George Washington de Saint Louis e Jessé Lawrence, um aluno de pós-graduação da Universidade da Califórnia, em San Diego, juntaram seus esforços para cuidar dessa grande pesquisa. O trabalho deles envolveu a análise de 600 mil sismógrafos. Suas descobertas tiram o fôlego de tão surpreendentes: há evidências indicando no mínimo duas grandes massas de água no subsolo da Eurásia e América do Norte.

"O atenuante específico característico do comprimento das ondas sísmicas indica claramente a presença de água. Aquelas características são próprias para água", segundo Wysession. Os pesquisadores fizeram um modelo da área baseados nas informações das vibrações. Eles estão seguros que os oceanos submersos têm mais água que o Oceano Ártico. A água é localizada na Profundidade de 1.200 km a 1.400 km.

O acadêmico Eric Galimov, diretor do Institute of Geochemistry and Analytical Chemistry, de Moscou, classificou a teoria de Wysession como "sem credibilidade". A descoberta confirma os estudos mais antigos, dos pesquisadores Britânicos da Universidade de Manchester, que reclamam terem descoberto um mar sob a superfície da terra há sessenta anos atrás. Os britânicos descobriram traços de água quando estavam analisando um fluxo de dióxido de carbono na profundidade de 1.500 km. A comunidade cientifica ignorou a descoberta apesar de uma publicação na revista Nature.

Planeta Água



Ainda é obscuro como a água entrou no interior da Terra. Talvez já existisse desde o começo. Muitos cientistas sugerem que esta água, periodicamente, vai para a superfície. Do mesmo modo, a água do mar se infiltra. Cientificamente falando,a hidrosfera terrestre é sujeita a mudanças. As mudanças são causadas provavelmente pelos movimentos da crosta terrestre e da manta. Há muitos buracos que foram descobertos no fundo dos oceanos. A água que sai desses buracos tem temperatura de 400 graus Celsius.

Talvez água dos oceanos submersos venha desses buracos. É possível que os diques submersos tenham sidos quebrados nos tempos pré-históricos. Consequentemente, milhões de toneladas de água salgada e vapor começaram a vazar para a superfície. O nível do mar ao redor do globo aumentou dramaticamente. O vapor da água se condensou e caiu rapidamente. E a chuva deve ter durado uns 40 dias resultando no evento que seria mais tarde descrito como um Dilúvio.



Eventualmente, a água era sugada de volta para as profundezas do planeta. As descobertas liberadas pelos pesquisadores americanos indicam que a catástrofe pode acontecer de novo, no ponto de vista teórico. O Prof. Wysession indica que os oceanos submersos estão em áreas que também têm água. Ele especifica partes do manto que não teriam sido pesquisadas ainda. O Prof. Wysession acredita que existe bastante água em lugares não pesquisados. De acordo com suas estimativas, quantidade de água pode ser até cinco vezes maior que todos os oceanos da terra reunidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ADICIONE SEU COMENTÁRIO AQUI