Seguidores

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Comentário sobre Antropogênese

Antropogênese

A Doutrina Secreta – Vol III
H. P. Blavatsky

A Doutrina Secreta, obra teosófica de Helena Petrovna Blavatsky, consiste numa coleção de seis volumes que abordam as mais instigantes questões da ciência, como a origem do Universo, do planeta Terra e da espécie humana. Suas bases teóricas reúnem ensinamentos milenares, provenientes de tradições preservadas nas Escrituras das primitivas religiões asiáticas e européias além da contribuição de pesquisadores, filósofos e Iniciados de todos os tempos. Em A doutrina secreta, Madame Blavatsky, (como é conhecida a autora), concilia ciência e religiosidade através da análise semiótica (dos significados) das alegorias e símbolos presentes em textos sagrados, com destaque para a cultura indiana, origem dos Livros de Dzyan, misteriosos códices que fundamentam a obra e que seriam "os manuscritos mais antigos do mundo".

Dos seis volumes, Cosmogênese (v.I) e Antropogênese (v.III), são especialmente interessantes. O primeiro fala do surgimento do Cosmos a partir da primeira diferenciação do Um na multiplicidade de formas e substâncias pela transformação de matérias sutis em matérias densas através do longo Manvatara, o Dia de Brahma. O relato, que à primeira vista pode parecer fantasioso, é perfeitamente coerente com a Teoria do Big Bang, a mais aceita, atualmente, no que diz respeito ao surgimento do Universo. De acordo com a Teosofia, a Terra é o quarto globo de uma cadeia de "Terras" em sucessivas encarnações planetárias.

Na Antropogênese, a doutrina apresenta uma teoria particularmente interessante sobre a evolução do homem, questionando a hipótese evolucionista de Darwin de forma radical. Os teósofos não acreditam que o homem descende de primatas, ao contrário, defendem que todos os mamíferos, inclusive os macacos, são descendentes degenerados da espécie humana, resultado de cruzamentos genéticos bestiais. A humanidade existiria desde a origem da Terra, e não apenas há um milhão de anos. A arqueologia e história ortodoxas (vigentes, oficiais), consideram VIDA somente às realidades que têm, hoje, disponíveis à percepção dos sentidos e dos equipamentos de laboratório.

A Teosofia argumenta que a vida habita o planeta desde sempre, adaptada à configuração bio-físico-química de cada período cósmico. No passado mais remoto, quando atmosfera e ambiente do planeta não teriam permitido a existência de vida tal como é conhecida nos dias de hoje, naquele ambiente de vapores e tempestades, outras formas físicas e psíquicas teriam habitado a Terra abrigando espíritos humanos e "almas" de animais, (répteis, aves, micróbios etc.), plantas e minerais (sim, porque para o ocultista, tudo possui vida, incluindo as pedras). Obedecendo ao princípio setenário – segundo o qual tudo evolui e se constitui sobre uma base numérica de sete – a história da vida no atual "Planeta Azul" desenrola-se seguindo 7 Rondas (ou fases) às quais correspondem sete Raças Humanas ou sete humanidades-raiz, em tudo diferentes, umas das outras. O homo sapiens, que a biologia contemporânea conhece, seria tão somente o representante da 5ª Raça, em sintonia com a presente Ronda (5ª Ronda) ou 5ª "encarnação" do orbe terrestre.

Em Antropogênese, o leitor vai se espantar com a descrição das formas humanas primevas. Em meio às nuvens de metano e amônia emergiram os "homens sem-ossos", sem sexo, sem mente (sem consciência e inteligência), águas-vivas flutuando no mar aéreo de gases superdensos. Eram os primeiros, os "Filhos do Suor", exudados, nascidos da secreção astral dos Deuses Lunares (os Pitris). Depois, vieram os andróginos, que se reproduziam por brotamento ou bipartição, como uma célula em meiose. Eram esses os gigantes de que falam as lendas, os homens dotados com o Terceiro Olho, os ciclopes da mitologia grega. Seus sucessores foram os Atlantes e os Lemurianos, também gigantes da Quarta Raça, heterossexuais, já dotados de corpo denso e inteligência capaz de fabulosas realizações científicas e tecnológicas. Na Antropogênese teosófica, os seres vivos começam sua jornada existencial a partir da matéria mais sutil, energia pura ou espírito, e são as evoluções e involuções do espírito que determinam a configuração material constitutiva do físico. Além da Cosmogênese (volume I) e da Antropogênese (volume II), integram a coleção A Doutrina Secreta os seguintes livros:Simbolismo Arcaico Universal (volume II), Simbolismo Arcaico das Religiões, do Mundo e da Ciência (volume IV), Ciência, Religião e Filosofia (volume V) e Objeto dos Mistérios e Prática da Filosofia Oculta (volume VI).

A Doutrina Secreta, v. III: Antropogênese
de H.P. Blavatsky
Ed. Pensamento
MÉDIA DE PREÇO: R$30,00

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ADICIONE SEU COMENTÁRIO AQUI