Seguidores

sábado, 19 de setembro de 2009

A FANTÁSTICA LÓGICA QUE RESIDE NO ILÓGICO


"Os personagnes que Rudyard Kipling chama de "Senhores da Vida e da Morte" tomam o cuidado de impedir que vejamos o que não temos o direito de ver"

(Arthur Machen)

E se no Mound de Batcreek foram encontrados os surpreendentes vestígios arqueológicos, originários de uma perdida civilização e que davam conta da presença de Jesus e dos seus seguidores nas Américas, imagine-se o que não existiria nos outros Mounds espalhados por toda a América do Norte! Nessa foto aérea, tomada por um órgão governamental, você vê o Monk's Mound (literalmente "Elevação do Monge"), situado ao norte de St. Louis. Deve haver algo muito importante por lá, uma vez que - e ao que tudo indica - a hipótese de "capricho da natureza" torna-se cada vez mais incongruente e remota. Este Mound é o maior dos 120 que existem por ali e toda a sua estrutura nitidamente artificial pode ser comparada em tamanho à Grande Pirâmide de Gizé, no Egito! Já se desconfiava que algo muito importante existisse nele, ou mais precisamente abaixo dele e foi logo a seguir, em 1998, que escavações preliminares se depararam com uma larga estrutura bem no seu âmago, isto é situada logo abaixo do seu eixo central, tudo sugerindo se tratar de imensas galerias subterrâneas! Sabe-se que alguns órgãos governamentais efetuaram experiências e prospecções mediante o emprego de sofisticados radares de penetração subterrânea e os resultados, mantidos sob o mais absoluto sigilo, nunca foram divulgados! POR QUE?

Aliás, essa antiga e desconhecida civilização que em tempos muito distantes habitou a América do Norte também deixou os seus sinais que podem ser vistos apenas do alto, como por exemplo essas impressionantes estruturas rochosas, quase sempre presentes juntos aos misteriosos Mounds! Não é mesmo muito surpreendente?

E por falar nisso (e como ninguém se dispõe a procurar ou pesquisar, muito embora muitos SAIBAM da existência delas), a própria Natureza mediante as suas convulsões está se encarregando de revelar as misteriosas entradas para os túneis subterrâneos - obras de uma civilização desconhecida, em tempos remotíssimos, e que comprovadamente percorrem todo o território das Américas Central e do Sul! Na foto, uma delas que se situa no Peru, a uma grande altitude em Sacsayhuaman. Observe com bastante atenção o topo da foto e a sua lateral direita. Você está vendo o antigo trabalho de uma máquina que literalmente cortou essas rochas...... Quando teoricamente não existiam máquinas desse tipo sobre a face da Terra!!! Os nativos ainda hoje temem penetrar nesses subterrâneos, considerados sagrados e "obras do deuses" pois segundo as suas velhas tradições "aquele que ousar profaná-los, neles penetrando, jamais voltará"!

"Prova quanto à existência de Jesus escrita em uma pedra" - diz o texto do cartaz. Nesta foto AP, Hershel Shanks, editor da Biblical Aechaeology Review, durante uma conferência realizada em Washington no mês de outubro de 2002, defendendo a existência de Jesus, fala sobre a descoberta de uma caixa de pedra destinada à guarda de ossos humanos, descoberta em Jerusalém, na qual está escrito em Aramaico o seguinte texto: "Tiago, Filho de José, Irmão de Jesus". Por incrível que possa parecer - e mesmo diante das mais diversas evidências arqueológicas que têm sido encontradas, tal como esta - e até dos antigos e autênticos relatos tradicionais e históricos, alguns céticos, desinformados ou então dotados de má-fé, em feroz contraposição negam a inquestionável e real existência de Jesus Cristo.

E essa é a foto daquela urna mortuária em pedra. Estudos detalhados comprovaram que efetivamente se trata de um objeto arqueológico autêntico e que data do Século I D.C. - De fato, análises geológicas atestaram que a rocha calcária em que a urna foi confeccionada tem dois mil anos de idade e o mesmo padrão das pedras encontradas em Jerusalém! Isso provaria e até revelaria uma nova nuance histórica: a de que Jesus teve um irmão desconhecido, ou então convenientemente suprimido pelas constantes "revisões" dos textos bíblicos! Em contrapartida, Robert Eisenman, Professor de Arqueologia da Universidade da Califórnia (baseado em que na Era patriarcal os ossários tradicionais exibiam apenas os nomes de pai e filho), contesta portanto esse fato alegando que a expressão "Irmão de Jesus" seria falsa pelo fato de que, em um ossário do século Primeiro, jamais seria válido este tipo de inscrição. Einsenman, contudo, analisou as coisas fria e estritamente, sob o ponto de vista cético. Nós, todavia, SABEMOS de uma terceira hipótese que se mostra muito mais lógica: Jesus era um Essênio. E assim como naqueles distantes tempo, e mesmo ainda hoje, em todas as Irmandades Secretas e Inciáticas, o tratamento dispensado entre seus membros é unico: todos se reconhecem como IRMÃOS!

A "Central de Contraverdades" existe mesmo, e até pode ser..... Bastante perigosa! Na foto você vê uma das últimas imagens do Padre Belga Gustavo Le Paige, missionário no Chile que no ano de 1975 descobriu no extremo norte daquele país, precisamente em San Pedro de Atacama, cerca de 5424 (cinco mil, quatrocentos e vinte e quatro!) sepulturas antiqüíssimas, cuja idade remotaria há cerca de 100 mil anos recuados no nosso passado. Porém, dentro delas estavam os restos de seres vivos parecidos com o homem, que vieram de outros planetas há milhares de anos!!! Segundo informações do padre Le Paige "algumas dessas múmias encontradas por mim denotam formas de rostos desconhecidos aqui na Terra e ninguém me acreditaria se se falasse de todos os outros objetos que encontrei nesses túmulos"! O padre, de nacionaldiade belga, não estava brincando, uma vez que chegou até mesmo a montar um pequeno msueu particular no qual exibia à atônita população local as suas espantosas descobertas. O grande erro de La Paige foi, talvez, divulgar em demasia o seu sensacional achado arqueológico. Alguns jornais chilenos deram manchete à notícia e a sua foto (acima) correu o mundo. Como seria de se esperar, pesquisadores e todas as agências de notícias mundiais logo se interessaram pelo assunto e trataram de viajar para aquele país. Contudo, ao chegarem lá, souberam que o padre repentinamente "fora acometido de uma inesperada doença, tendo entrado em profundo estado de inconsciência e falecido". O certo é que Le Paige sumiu do mapa e o seu insólito museu foi devidamente confiscado - ao que tudo indica por autoridades científicas governamentais - tendo, como seria de se esperar, todo o seu bizarro acervo misteriosamente desaparecido. O ponto exato das estranhas sepulturas também não foi divulgado e na época correram sérios rumores que teria sido dinamitado, sepultando assim para sempre aquela que seria a mais sensacional descoberta arqueológica de todos os tempos: o cemitério coletivo possivelmente de uma antiga colônia alienígena no nosso planeta!!!!

Sim, você pode acreditar. São coisas como essas que covarde e vergonhosamente escondem de você e de toda a humanidade. Na foto, a mão enluvada do perito examina os detalhes anatômicos de um cadáver alienígena, resgatado a partir do acidente com o UFO que tripulava. Por trás, vemos a embalagem térmica especial, especificamente destinada à preservação do corpo.

Preste atenção no pequeno círculo branco assinalado no interior do vermelho. Ali é um território brasileiro, denominado "Penedos de São Pedro e São Paulo" - um afloramento de rochas em meio à vastidão do Oceano Atlântico, a cerca de 700 milhas náuticas da cidade de Fortaleza no nordeste do país. Assim como "20" entre 10 pilotos da aviação comercial ou militar já avistaram UFOs porém preferem silenciar, os aviadores que cruzam a diagonal imaginária entre Dacar, no Senegal (África) e Recife (Brasil), e sempre quando as condições atmosféricas permitem e o mar se encontra extremamente claro, já avistaram as impressionantes ruínas das imensas edificações submersas que existem naquela região! E você sabia que em outubro de 1963 Charles Hapgood, Professor da Universidade de New Hampshire, esteve em contato com o Governo Americano de modo a realizar prospecções lá por aquelas bandas para localizar CIDADES SUBMARINAS DA PERDIDA ATLÂNTIDA? Hapgood tinha fortes evidências de que outrora ali estivera situada uma das ilhas daquele extinto continente e o então Presidente John Kennedy teria colocado à sua disposição o emprego de aeronaves miltares e de porta-aviões, além dos mais sofisticados equipamentos de sondagens e filmagens submarinas! Havia, contudo, uma condição: que o "aspecto atlante" da investigação fosse mantido em segredo e que a operação a ser montada deveria ser encoberta sob o rótulo de "expedição oceanográfica à Cordilheira do Atlântico Central para estudos sobre a flora e a fauna das profundezas do mar"! - Já estava tudo pronto e oficialmente autorizado, porém o ambicioso projeto foi subitamente interrompido devido ao assassinato de Kennedy no mês seguinte.

Uma visão da bandeira brasileira tremulando sobre os rochedos de São Pedro e São Paulo, onde talvez nas suas mais recônditas profundezas repousem parte das impressionantes ruínas do perdido continente atlante!

Mas de onde exatamente teriam vindo as evidências em poder do Professor Hapgood? Em primeiro lugar, das fotografias aéreas e também dos testemunhos secretos dos pilotos que procederam os levantamentos preliminares do local. Em segundo lugar, do espantoso Mapa de Piri Reis, que além de mostrar a Antártida sem a sua capa de gelo, provando assim a sua remota antigüidade, cartografara todos os demais continentes nos seus exatos posicionamentos! E além disso, na área assinalada pelo nossa elipse branca, vemos os atuais rochedos de São Pedro e São Paulo aparecendo exatamente como eram há milênios: uma enorme ilha!

E os famosos Crop Circles continuam a surgir, aumentando não somente a sua freqüência como também os seus intricados simbolismos. Na foto, vemos outro deles recentemente surgido na Inglaterra, contendo uma simbologia nitidamente cósmica, porém ainda incompreensível!

E finalmente chegou a vez do Brasil! Oficialmente, esta é primeira imagem que surge no nosos país, precisamente na cidade de Campos dos Goytacazes, Município do Rio de Janeiro! Não é bem um Crop Circle, uma vez que de "círculo" ela não tem nada, porém FOI GRAVADA NO SOLO, JUNTAMENTE COM VÁRIAS OUTRAS, APÓS AS EVOLUÇÕES DE DOIS UFOs por sobre aquela cidade, em outubro de 2002 - aliás presenciadas por diversas testemunhas, quando um deles esteve a menos de 10 metros do solo! Na foto, vemos aquilo que parece ser um imenso pássaro profundamente estampado nos canaviais. E além de tudo moldado em tonalidades diferentes do restante da paisagem, de modo a realçar os seus espantosos e simétricos contornos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ADICIONE SEU COMENTÁRIO AQUI