Seguidores

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

EVANGELHOS APÓCRIFOS

EVANGELHOS APÓCRIFOS GRÁTIS


Pequena localidade no Alto Egito em Nag Hammadi, aonde em 1945, o camponês Muhamad Ali Salmman, encontrou um grande pote vermelho de cerâmica, contendo treze livros de papiro encadernados em couro. No total descobriram cinqüenta e dois textos naquele sítio.

Caverna Nag Hammadi

Na primeira análise, para surpresa do Dr. Quispel, a primeira linha traduzida do copta foi: "Essas são as palavras secretas que Jesus, O Vivo, proferiu, e que seu gêmeo, Judas Tomé, anotou".

Os manuscritos, hoje conhecidos como Evangelhos Gnósticos, ou Apócrifos (Apocryphom literalmente livro secreto), revelam ensinamentos, apresentados segundo perspectivas bastante diversas daquelas dos Evangelhos Oficiais da Igreja Romana; como por exemplo este trecho atribuído a Jesus, O Vivo: "Se manifestarem aquilo que têm em si, isso que manifestarem os salvará. Se não manifestarem o que têm em si, isso que não manifestarem os destruirá."

Além dos Evangelhos (ensinamentos atribuídos a Jesus Cristo através de seus apóstolos) outros textos compõe o legado de Nag Hammadi, de cunho teológico e filosófico.

Os papiros encontrados em Nag Hammadi, tinham cerca de 1.500 anos, e eram traduções em copta de manuscritos ainda mais antigos feitos em grego e na língua do Novo Testamento, como constatou-se, ao verificar que parte destes manuscritos tinham sido encontrados em outros locais, como por exemplo alguns fragmentos do chamado Evangelho de Tomé. As datas dos textos originais estão estimadas entre os anos 50 e 180, pois em 180, Irineu o bispo ortodoxo de Lyon, declarou que os hereges "dizem possuir mais evangelhos do que os que realmente existem".

Manuscritos Nag Hammadi

Acredita-se que os manuscritos foram enterrados por volta do século IV, quando na época da conversão do imperador Constantino, os bispos cristãos, passaram ao poder e desencadearam uma campanha contra as heresias. Então, algum monge do mosteiro de São Pacômio, nas cercanias de Nag Hammadi, tomou os livros proibidos e os escondeu no pote de barro, onde permaneceram enterrados por 1.600 anos !

Comentário:

Os Evangelhos Apócrifos mostram uma versão diferente das enunciadas pela Igreja Católica na questão sobre Jesus Cristo em sua vida é em seus ensinamentos.

Os Evangelhos Apócrifos eram aceitos por diversas comunidades católicas de todo o Império Romano e a definição dos evangelhos que seriam verdadeiros e os tidos apócrifos começaram com o Imperador Constantino(272-337) e terminaram com o Decreto Gelasiano(492-496).

O Fundamentalismo religiosa da Igreja Católica varreu e queimou grande parte destes evangelhos tidos como apócrifos e perseguiu implacavelmente no decorrer dos séculos os ensinamentos que eram contra a Cúria Romana.

Acredito que as palavras do Nazareno foram sufocadas pelo imediatismo ou pela política dos poderosos de todas épocas, aonde a bíblia e seus escritos tinham que se amoldar a Teologia dominante da Igreja Católica, mais os ecos da verdade que são representados pelo Sermão da Montanha, representam a essência das palavras de Jesus Cristo de Nazaré.

Textos Introdutórios dos Evangelhos Apócrifos

1 - Manuscritos do Mar Morto

2 - Um Breve Resumo histórico dos Evangelhos Apócrifos

3 - Decreto Gelasiano - Condenação dos Apócrifos

4 - Livro - Os Evangelhos Perdidos

5 - Relação Total dos Evangelhos Apócrifos

Relação de Evangelhos Apócrifos para Download

1 - Pseudo Epígrafo do Gênesis

2 - O Primeiro Livro de Adão e Eva

3 - Livro de Melquisedeque

4 - O Livro de Enoque

5 - Evangelho Filipe

6 - Evangelho Bartolomeu

7 - O Evangelho de São Pedro

7.1 - O Evangelho de Pedro 2

8 - O Evangelho de São Tomé

9 - O Evangelho de Tiago

10 - Evangelho Madalena

11 - O Evangelho Segundo Judas - 01

12 - O Evangelho de Judas - 02

13 - O Evangelho Segundo Bartolomeu

14 - Primeira Carta de São Clemente ao Corintios

15 - Segunda Carta de Clemente aos Corintios

16 - Evangelho - O Pastor De Hermas

17 - Evangelho - A Natividade de Maria

18 - Evangelho - O Apocalipse de Pedro

19 - Evangelho de Agrapha

20 - Evangelho de Nicodemos - 01

21 - Evangelho de Nicodemos - 02

22 - Evangelho Gnóstico de João

23 - Evangelho São João - Passagem Santa Mãe de Deus

24 - O Evangelho Segundo Marcos

25 - Epístola aos Laodicenses

26 - Epístola de Policarpo aos Filipenses

27 - Epístola de Diognet

28 - Epístola de Barbabé

29 - Atos do Apóstolo Tomé

30 - Carta do Rei Abgaro

31 - A Doutrina dos Apóstolos

32 - A História do Universo

33 - Carta de Pvblivs Lentvlvs (1)

34 - Carta de Pvblivs Lentvlvs (2)

35 - Sophia Jesus

36 - Didaque

37 - Salmos de Salomão

38 - Salmo 151

39 - Apocalipse Das Semanas De Enoch

40 - Atos de Tecla

41 - A Instrução dos Doze Apóstolos

42 - O Hino da Perola

43 - Orações Mágicas dos Essênios

44 - Oração De Manasses

45 - Volusiano

46 - A Palestina nos Tempos de Jesus

47 - A Infância de Jesus Segundo São Tomé

48 - A História de José o Carpinteiro

49 - A Sentença Condenatória de Jesus Cristo

50 - Declaração José de Arimateia

51 - Relatório de Pôncio Pilatos a Tibério César

52 - Apocalipse das Semanas - Livro Enoch

53 - Apologia

54 - Pistis Sophia


Um Site muito bom sobre Evangelhos Apócrifos

http://mucheroni.br.tripod.com/index_pri_1.html

http://mucheroni.br.tripod.com/outro_idioma.htm


Nenhum comentário:

Postar um comentário

ADICIONE SEU COMENTÁRIO AQUI